Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Lula pratica democracia de Chávez !

Há poucos dias do "por que não te calas", do rei espanhol ao coronel da Venezuela, o presidente Lula defende o estilo democrático de Hugo Chávez e o experimenta no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), demitindo quatro pesquisadores críticos da política econômica do governo. Esse contraste foi explicitado na primeira página do jornal "Folha de São Paulo", de hoje, e mereceu o seguinte comentário de Delfim Neto, economista aliado do lulo-petismo: nem na ditadura o Ipea sofreu censura.

O Ipea existe há 43 anos e é considerado um dos maiores centros do pensamento econômico do país. Apesar de estar sempre vinculado ao núcleo de assuntos estratégicos da presidência da República, porque é essencial na realização de pesquisas e estudos sociais e econômicos, no apoio técnico às ações governamentais, influenciando também na formulação de políticas públicas e programas de desenvolvimento, o Ipea sempre se caracterizou pela liberdade de pensamento.

Está cada vez mais claro o autoritarismo do governo Lula, com o respaldo da aprovação popular e da sua própria sorte com o momento favorável do Brasil desde o início de 2006, sem as crises internacionais para interferir na economia e sem a oposição cega e aguerrida do velho PT. Lula não aceita divergências, veja o seu comportamento nos últimos dias em relação à revelação do voto contrário da oposição ao imposto do cheque (CPMF), inventando contradições partidárias e retaliando Estados, com a ameaça de reter repasses de recursos a que têm direito.  

São inúmeros os exemplos do lulo-petismo, que confirmam essa tendência de subordinação aos encantos ditatoriais. Ditadura não é boa para ninguém, de qualquer tendência. Assim, vale refletir sobre quem não se recorda das suas propostas de mordaça ao Ministério Público, da regulação da imprensa por um Conselho Federal de Jornalismo, das imposições políticas ao Instituto Nacional do Câncer e na diretoria de gás da Petrobrás, da substituição dos senadores Pedro Simon e Jarbas Vasconcellos na Comissão de Justiça do Senado?

Quando leio a opinião favorável de Lula sobre a democracia de Chávez e a sua defesa contra os ataques da sociedade venezuelana, contra a sua reeleição ilimitada; e quando tomo conhecimento do facão do lulo-petismo no Ipea, não resta outra pior impressão de que essa história está indo longe de mais. Seremos coniventes com a busca desbravada do pensamento único? Qual o melhor caminho, que não resulte em mais atraso? Vivas à proclamação da República, à democracia brasileira e às chuvas!    

Compartilhe

5 comentários em “Lula pratica democracia de Chávez !”

  1. …Caro Raul,
    Democracia se faz com participação popular, não como se vê aqui no Brasil. Você bem sabe que só se elege, se perpetua no poder, o candidato que tem grandes fontes econômicas para bancar a sua candidatura. Santos é um exemplo disso e vc. bem sabe o que ocorre aqui e também no resto do País. São sempre os mesmos candidatos, quando alguém novo surge sem apoio financeiro, não se elege. Isso não é democracia. Assim como não é democracia fazer privatizações sem consulta popular, como ocorreu no Brasil há bem pouco tempo, onde empresas públicas que foram montadas com o dinheiro de impostos passaram praticamente de graça para as mãos ávidas por lucros dos grupos privados. Há que se lutar por uma verdadeira democracia, como ocorre em vários países da Europa ( França, Suíça, toda a Escandinávia,etc…) onde sindicantos, associações populares, de classes, etc., participam das decisões importantes para a comunidade que vive sob a mesma bandeira. Isso aqui não acontece, infelizmente. É fácil bater no Lula, no Chávez, no Morales ( que só defendem a soberania dos seus países…). Difícil é apontar os erros deste sistema eleitoral vigente aqui praticamente deste a implantação da República. Sem contar que os atos positivos feito por presidentes, como a criação da CLT, por exemplo, vem recebendo ataques clamando pela extinção desde o governo Collor, tendo ocorrido uma parada no governo Itamar e recomeçado com todo o vigor no Governo FFHH. Isso tudo com a desculpa da “modernidade”. É moderno explorar o trabalhador? Negativo, isso acontece deste a Revolução Industrial e resurgiu forte com a onda da Globalização. Viva a República! Viva a Democracia com forte participação popular! Abs.

  2. Ser democrata, hoje em dia, é estar naquele partido que patenteou a marca rsss. O P.F.L. do Maciel, do Jorge e do A.C.M. lá do céu dos políticos populistas, talvez no Senado que reprsenta bem o Céu capitalista, por Tradição
    Família e Propriedade etc…e tal.
    Karl Marx é ensinado “en passant”, nas Faculdades atuais
    e nos colégios nem pensar…aliás, pensar é uma espécie
    de transgressão, Ideologia virou um termo proscrito, tipo
    Anarquia e/ou Utopia.
    Eufemismos, consumismos e a nossa historiografia oficial
    na versão da dramartugia senhorial, patronal etc..e tal.
    República…de bananas… Patriotismo de chuteiras…e as Baladas são ingredientes das Escolas, enquanto os nossos professores…que sabem das coisas…vivem com salários sem valia, recolhendo suas asas e raizes culturais, por sobrevivência…”há que se cultuar a euforia “democrata”,
    dos tempos neo-getulistas do sindicalismo de resultados, das ONGs de resultados, das Campanhas publicitárias de resultados, redundância é nossa televisivel circunstância.
    Em 1984 + Admirável Mundo Novo + Aldeia Global + A nova Idade Média: “Orwel” + “Huxley” + “Mc Luhan” + “Umberto Eco” encontramos razões para sentirmos o que a tecnologia
    escravocrata (no uso e abuso indiscriminado) fez conosco.
    Raul, o PSOL é o PT do passado, do futuro ou do Presente?
    O PT é o PMDB dos Sarneys e de outros menos citados?
    O Pelé e o Lula têm algo em comum? Conservadorismo é nosso destino implacável, de um povo que não tem auto estima porque se identifica com o invidualismo, a cultura que portugueses plantaram desde a Invasão de Pindorama, na eufemista versão…Descobrimento do Brasil? Só pra lembrar, a Eliane Castanheda nas comemorações oficiais do “descobrimento do Brasil” nos lembrou em um artigo na Folha… do ÃŒndio Tonto, escravo do Zorro, dizendo isso, quando estavam acuados por uma tribo em pintura de guerra:
    “-Quem é que está ferrado, ó meu…cara pálida?”
    Até quando seremos Tontos?
    Um abraço, meu caro Raul, by the way…tergirversei, mas que RE (coisa ) PUBLICA (do povo) é esta em que estamos?
    Ivan Alvim

  3. Raul,a questão democrática está no centro do debate político.A erupção das massas populares na cena política expõe os limites das políticas liberais.Em estado normal de temperatura e pressão os liberais fletam com as esquerdas e participam das lutas como da redemocratização do Brasil,nas crises vacilam ou atentam contra a democracia.A ascensão pelo voto de representantes dos pobres de negros ou de índios,como os Presidentes Evo Morales e Hugo Chavez,são o motivo da atual crise.
    Quando a América do Sul era governada por elemetos como Menem,Fugimori,Rafael Caldeira,Sanches de Louzada que foram presos ou estão presos, corruptos totalmente submissos aos terratenentes e ao capital monopolista,tudo bem.Mal se falava de Argentina,Peru,Venuzuela ou Bolívia.Nunca vi blog comentanto todo santo dia sobre o fdp do Sanches de Louzada agora só se fala no Presidente Hugo Chavez.História política zero, da Venezuela nada do Acordo de Punto Fijo, nada dos 20 anos de poder do condomínio “socialdemocrata” AD/COPEI irrigado com muito petroleo.Nada da “Rosca” de Patiño ,Aramayo e Hotschild só pau no Presidente Morales.Democracia só vale se eleger os representantes da “Rosca” atual, fora disso é populismo.Viva 15 de Novembro!Viva a República!

  4. Caro Raul!!!
    De que democracia estais falando? Daquela do Serra,que colocou na rua um profissional da TV Cultura, simplesmente porque foi questionado sobre os preços altíssimos dos pedágios de São Paulo, da manipulação dos números da Datafolha, da Rede Globo, que “Entuxa” todo seu poder goela abaixo do povo, da Revista Veja que se presta a divulgar informações sabidamente mentirosas apenas para favorecer PSDB e seus aliados?
    À propósito, porque será que o atual Presidente tem esta popularidade tão alta?
    Não se esqueça, caro Raul, a VOZ DO POVO É A VOZ DE DEUS. O povo está satisfeito, finalmente perderam o “complexo de viralata”. A gente não precisa mais se curvar a ninguém, muito menos as mentiras e descalabros inventados por aqueles que ainda pensam em voltar atrás.
    Dessa vez vai ser diferente. Estamos de Olho.
    Vamos ver o que dirá as urnas do próximo mês de outubro!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *