Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Professor incapaz de ensinar melhor os seus alunos?

Causou alguma surpresa a divulgação dos resultados do estudo Determinantes do Desempenho Escolar do Brasil, no início desta semana. A pesquisa foi realizada pelo economista Naércio Menezes Filho, que através de cruzamento dos dados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) concluiu que os cursos de capacitação para professores não melhoram o seu desempenho na hora de dar aula.

Retomamos o debate sobre a qualidade da educação no Brasil. O maior desafio, de colocar toda criança na escola, foi praticamente vencido no governo FHC. Em 1995, quando Paulo Renato Souza assumiu o Ministério da Educação, 89% das crianças entre 7 e 14 anos estavam na escola. Em 2002, 97% confirmavam a universalização do acesso ao ensino fundamental.

O desafio seguinte ainda não teve êxito. Embora as condições fossem mais favoráveis à estrutura educacional brasileira, com o pleno vigor do FUNDEF (agora FUNDEB), a edição dos Parâmetros Curriculares Nacionais, a atualização e a avaliação do livro didático, que passou a chegar na hora certa do início das aulas; a TV Escola, o Programa de Informática na Escola, os programas de capacitação e atualização dos professores.

É inegável, como o próprio jornal "O Estado de São Paulo" destacou em sua edição de ontem (26 de março), que é consenso que "o professor precisa estar atualizado para ampliar conhecimentos e aperfeiçoar práticas pedagógicas. É recomendável que a instituição para a qual ele trabalha estimule e dê preferência, forneça oportunidades para isso".

Há uma dívida enorme com a qualidade da educação. A capacitação dos professores é um ítem nesse rol de tarefas que ainda precisam ser cumpridas. Diretores das escolas e funcionários não podem ficar fora desse processo. É fundamental também resolver carências com a infra-estrutura física das escolas. Ainda, os laboratórios, biblioteca, material didático, salários.

É preciso sensibilizar as famílias para acompanhar o desempenho dos filhos e parentes estudantes. É preciso garantir que esse esforço seja compartilhado pelos governos municipais, estaduais e federal. Somos todos capazes de responder a essa mobilização, desde que com um país com perspectivas concretas de um futuro melhor.

 

Compartilhe

5 comentários em “Professor incapaz de ensinar melhor os seus alunos?”

  1. Sueli Correa

    Raul,
    Muito legal o seu blog!
    Não tinha atentado para o endereço dele e o fiz apenas hoje quando fui procurar o seu e-mail.
    Acompanharei sempre seus artigos.

    Abraço,

    Sueli

  2. Raul.
    Sou Conselheira do CONSELHO DA CONDIÇÃO FEMININA DE CUBATÃO, estamos organizando a II CONFERENCIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES DA BAIXADA SANTISTA. É um evento que reunirá as lideranças femininas da baixada para traçar um plano político voltado para Mulheres.
    Raul, a ONU chegou à conclusão que a pobreza e a miséria no mundo só será erradicada se as Mulheres forem fortalecidas social e economicamente.
    Esperamos você e sua equipe.
    Vai ser dia 26 de maio de 2007, das 08:00 até as 15:00 horas.
    Um abraço.
    Roseli Oliveira.

  3. Luciano Araujo

    Invelizmente ainda não temos uma vinculação juridic de cumprimento a utilização de proprios municipais junto a reformulação da grade e carga horária das escolas. Passaremos adiante na oportunidade de iniciar um processo de profissionalização nos niveis mais basicos e de manutenção de proprios no aprendizado de sua utilização. Vivemos tendo que trocar lampadas para mulheres e fraudas nas crianças enquanto trabalham. Não damos valor ao que temos como potencial que ser nosso BRASIL. Os professores com todo respeito deveriam arcar com os prejuizos de uma formação desfocada e copista de sistemas externos, alias já pagam pois não ganham em sua maioria o que deveriam ,já os que ganham e tem condições psicologicas de implementarem tais objetivos vivem tranquilos em suas vidas MAN SA. O SOCIAL nunca morrerá seja qual for a BOMBA! Aprenderemos a conviver com a tranquilidade de todos só assim teremos nossa tranquilidade. LU. ([email protected])

  4. Gostei muito do seu blog, vou entrar sempre para manter-me informada, grande abraço, Meri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *