Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Pizza, sabor Cartão Corporativo !

É cada vez mais óbvio achar que o Congresso Nacional perdeu a vergonha. Escrevi antes que a CPI dos cartões corporativos deveria suspender os seus trabalhos, porque os parlamentares (deputados e senadores) não conseguiam esconder a dificuldade nas suas investigações sobre o mau uso do dinheiro público, em razão de acordos e mentiras. Nos últimos tempos, parece que o parlamento foi tomado pelo tesão explicito de propor CPI’s apenas para pressionar, aparecer na mídia e de se satisfazer com o minuto de celebridade. Por isso ninguém ficou surpreso com o relatório do petista carioca Luiz Sérgio, cuja conclusão é de que nenhum membro do governo Lula tem culpa no cartório pela farra dos cartões.

Os abusos, confirmados com o pagamento de tapiócas, almoços, bebidas, produtos de free-shops, equipamentos de ginástica, além dos saques vultosos em espécie (quem consegue imaginar um cidadão sacando R$ 20, 30, 50 mil, num caixa eletrônico, para pagamento de despesas secretas da presidência da República ?), foram transformados em equívocos perdoáveis.

Segundo a senadora Marisa Serrano (PSDB-MS), o Congresso devia outra resposta à sociedade brasileira, que no seu entendimento e de todos nós, queria o fim da lambança, da farra com o dinheiro público. Dessa maneira fica cada vez mais difícil se apresentar como político em nosso país, porque está cristalizando o sinônimo de "gente que não presta" (inverter essa tendência só com a entrada de gente mais séria e comprometida nos partidos e na vida pública).

Houve um outro relatório, elaborado pela oposição, que pedia no total o indiciamento de 34 pessoas entre ministros, ex-ministros, e outros funcionários do governo Lula. Tomou uma goleada de 14 votos a 7, sobrando recomendações desdenhadas pelos governistas, de mais transparência nas compras governamentais, de restrição total aos saques, de punições mais graves para quem faz uso irregular do cartão corporativo, da devolução em dobro aos cofres públicos de valores gastos indevidamente pelo usuário do cartão e pelo ordenador de despesa.

Ainda na receita desta última pizza assada pelo Congresso, nenhuma linha sobre o vazamento de informações sobre os gastos do governo Fernando Henrique Cardoso, para o bem ou para o mal. Faço coro aos gritos da parte digna do Congresso Nacional, lamentando a perda de mais uma vida da esperança da sociedade brasileira. Até quando perderemos sem reação ?

Compartilhe

12 comentários em “Pizza, sabor Cartão Corporativo !”

  1. mauro haddad

    Raul, a grande sacada é distribuir narizes de palhaço para a população em geral e aos eleitores e contribuintes em especial…

  2. Julio Penin

    Raul,
    A caracteristica principal do lulo/petismo (sua definição) e seus apaniguados é extrair o máximo dos nossos bolsos para terem uma nababesca vida. Isso é que é romper um sonho de luta pelo social. Venderam a alma ao diabo.

  3. Murilo Netto

    Já estamos chegando ao cúmulo de ouvir alguns parlamentares apelarem para um pedido de uma CPI que investigue todas as CPIs em andamento no Congresso…

  4. Ernesto Donizete da Silva

    Os fatos mencionados por você Raul, e “abafados” pelo governo lula e demais (partidos aliados) não podem ficar sem uma apuração por serem CRIMES contra à administração pública (dentre outros). E todos podem e devem ser apurados com rigor, inclusive, em minha opinião, no Ministério Público (independente de qualquer medida tomada no legislativo).

    O governo do Sr. “Inácio”, é especialista em justificar os CRIMES cometidos pelos seus, como meros enganos e erros. Sabe, Sr. “Inácio” (ou melhor é lógico que não sabe) – “erros e enganos” praticados por funcionários públicos (ou a eles equiparados) são CRIMES previstos em lei. Não podem ficar sem apuração e os seus autores devem ser responsabilizados.

    Vivemos um péssimo momento político, no cenário nacional. São escândalos, escândalos e mais escândalos. Boa parte dos homens públicos está associada a desvios de dinheiro público, superfaturamentos, propinas e comissões, jogos de influência, associação criminosa (crime organizado, inclusive armas, drogas e assassinatos).

    Saindo um pouco do PT. O caso do Secretário da Segurança Pública do Rio de Janeiro, como outro exemplo. Preso, em tese, por participação no crime organizado, usando do seu poder como o número um na Segurança Pública daquele estado, colocando e tirando autoridades policiais dos seus postos – simplesmente para impedir que estes lutassem contra o crime e não atrapalhassem o seu faturamento (durante seis anos).

    Vêm seus colegas de parlamento e o libertam (regime espúrio de foro privilegiado – outra vergonha deste país), gostei da atitude da deputada “Cidinha”/RJ; que tomando a palavra foi categórica: -“Esta casa não é séria, como podem votar pela libertação. Esta casa não tem moral para isto, pois mais de 40% dos deputados desta casa possui associação ao crime organizado”.

    A situação na Câmara dos Deputados e no Senado não é diferente. A preocupação da maioria e somente ENCHER OS PRÓPRIOS BOLSOS e (para eles) o povo que se dane. Afinal, em terra de cego quem têm um olho é rei. Viva a Corrupção, viva a Inércia do povo, VIVA AO GOVERNO DO PT!!! Burro sou eu!!!

    Ernesto Donizete da Silva
    PSDB/SANTOS

  5. Dr. Carlão.Biomédico

    Prezado Raul…
    Inacreditavél isso que estamos assistindo nos bastidores da alta politica Brasileira, no meu intimo, conversando com meus botões, fico fazendo a comparação de estilo de vida das pessoas, nas minhas caminhadas por Santos, ja estive em lugares tão precários, tão miseraveis e as pessoas me receberam com sorriso no rosto. Pessoas, que não tem nenhuma assistência, se quer social ou até mesmo básica.Por outro lado ouvimos falar do tal cartão. Me da vergonha de fazer esta comparação, mas isso acontece naturalmente. INACEITAVÉL…Não dá pra entender…
    Quebrando o clima, o tal cartão podia se chamar CARTÃO TAPÓIA….com ele vc. compra de tapioca a jóias na 5a. avenida…

    Abraços.Sinceros.

    Dr.Carlão.Biomédico

  6. Que a “elite” que governa o país vendeu alma ao diabo, não há a menor dúvida.
    Como pode um ignorante, desempregado por décadas, ostentar um padrão de vida semelhante à dos milionários (apartamento de cobertura, mansão no Guarujá, uma fortuna em ações, etc.)?
    E ainda leva fama de sortudo. Mas é assim mesmo que funciona. O desalmado aparentemente consegue o que quer, mas o preço é altíssimo.
    Por isso, talvez, assistimos uma onda de tragédias nunca vistas na história “dessepaíz”. Quedas de aviões, epidemias, terremoto, violência sem controle, decadência de valores que conduzem a sociedade ao fundo do poço, enfim, o povo paga a conta.

  7. Não é o título de eleitor que deve ser queimado, mas sim, os jornais, as TVs e todos os veículos de comunicação que aceitam fazer campanha permanente e divulgar os discursos medíocres e deformadores da sociedade.
    Boicote à imprensa vendida já.

  8. No site do Cláudio Humberto tem uma série de notas sobre o presidente pé-frio.
    Tudo que ele põe a mão tem um fim trágico. Já acabou com a carreira de grandes ídolos, como Guga e Popó depois de uma visita ao presidente.
    Um líder político internacional foi baleado após uma visita ao mesmo.
    Quando recebe a camisa de algum time, há uma série de derrotas como consequência, como no caso do Corinthians que foi rebaixado.
    Por onde ele passa sempre acontece algo estranho, como o naufrágio no Amazonas, terremoto no Ceará, entre outros casos.
    Vale a pena conferir para uma “profunda” reflexão.

    Raul,
    Desculpe ter desviado tanto do assunto, mas não há explicação lógica para o que assistimos, pois, infelizmente, vivemos num país onde o crime compensa.

  9. Eu voltei porque eu fiquei preocupado com o meu comentário, que pode ser mal interpretado. Por favor, eu não sou petista e jamais apoiaria a sabotagem ou qualquer outro ato de violência, que fazem parte do “KIT PT”.
    Quando eu utilizei a expressão “queimar” em resposta à Solange Pimentel, que tem vontade de queimar o seu título de eleitor, eu me referi ao ato de não comprar jornais, não assistir TV, ou pelo menos, selecionar muito bem os veículos de comunicação que merecem credibilidade.

  10. È para isso que essas pessoas queriam um regime democrático, para roubar descaradaamente o erário públic?
    Estamos precisando de uma nova revolução, para moralizar o nosso país, mtão desmoraçlizado internacionalmente pela falcatruas dessas aves de rapina que se encontram no poder PT e seus aliados, sem excessão.
    Onde se encontra os promotores públicos , a OAB, a Justiça, a Polícia Federal?
    S…O…C…O…R…R…O..!!!!!!!!!!!!!!

  11. Estou aguardando algum comentário sobre o escândalo da venda da Varig.
    Eu não sou profeta, nem cientista político, mas se o Fidel Castro é uma das pessoas mais ricas do mundo porque simplesmente é dono de uma ilha, sem muitos recursos, imaginem um indivíduo que pretende ser DONO do Brasil.
    Não é isso o que está acontecendo?
    Ele já se considera proprietário da Petrobrás, negocia terras da Amazônia com estrangeiros como se fossem suas (apesar do discurso disfarçado), “seu filho” provavelmente logo será sócio (ou dono) da maior empresa de telefonia, já houve comentários sobre sua própria empresa aérea, usa o dinheiro público para seus luxos e gastos pessoais como se fosse seu.
    O que mais falta destruir para dominar?
    Talvez fundar sua própria religião, já que seus seguidores são cegamente fanáticos. Já pensou receber o dízimo em dobro, um político e outro espiritual?
    Eu tenho a sensação que estou naquele filme de terror, no qual quem dorme é dominado e quem fica acordado, luta para não dormir.
    O Machado está certo: SOCORRO!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *