Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Renato Amary a serviço do PT ?

Põe fogo amigo no comportamento do deputado federal Renato Amary, presidente estadual do Instituto Teotônio Vilela do PSDB-SP! Incomodado antes das convenções municipais porque foi convencido a deixar que seu sucessor na prefeitura de Sorocaba tivesse direito à reeleição, por causa de uma gestão aprovadíssima, a uma semana das eleições ele se presta ao desserviço de aparecer no programa eleitoral do candidato petista Hamilton Pereira para criticar o candidato tucano Vitor Lippi, que segundo ele não manteve os seus apadrinhados políticos no governo local e descontinuou os seus projetos.

Vitor Lippi sucedeu Amary na Prefeitura de Sorocaba em 2004 e hoje desponta com 75% das intenções de voto, contra o novo candidato do deputado federal tucano, Hamilton Pereira (PT), com ínfimos 7%, em pesquisa do Ibope / TV Aliança Paulista. Lippi não só manteve as expectativas da população, em relação aos governos tucanos, como melhorou a aprovação do jeito tucano de governar.

Então, essa atitude de Renato Amary é surpreendente, por se tratar também de um dirigente estadual do PSDB. Quando o assunto ganhou a Internet, muitos simpatizantes e militantes do partido chegaram a responder que não acreditavam numa ocorrência dessa natureza dada a estatura política do protagonista. Me incluo dentre aqueles que duvidaram, daí a razão pelo tamanho da minha decepção, indignação.

Na semana passada escrevi sobre a necessidade da direção nacional do PSDB tomar atitudes concretas e não permitir mais o assistido salve-se quem puder. Imagino que tentarão promover um supertribunal de ética e fidelidade partidárias pós-eleitoral municipal, para tentar justificar que não houve falta de comando político; mas nada suficientemente preventivo, planejado e conseqüente para orientar melhor as vaidades e os projetos pessoais de alguns companheiros.

Veja e ouça o deputado federal Renato Amary, no lamentável depoimento em vídeo exibido pelo PT de Sorocaba: http://www.youtube.com/watch?v=tCzUHoMraLg 

Confesso que sempre admirei o deputado e ex-prefeito de Sorocaba, mas a sua postura nessa eleição não é um exemplo digno do PSDB que ajudamos a fundar em 1988. Para ser mais explícito, reitero: lamentável !

Compartilhe

13 comentários em “Renato Amary a serviço do PT ?”

  1. Claudio Alves de Amorim

    Pois é Raul, embora a imprensa não tenha dado tanto destaque, é triste tucano não apoiar tucano. Seja lá contra PT, PDT, PSB, DEM, PP, etc.

  2. Caro Raul,
    Com essas atitudes, o PSDB rola ladeira abaixo. Como falar em fidelidade para militantes e filiados, se líderes, descaradamente são infiéis? Ademais, com o partido, omisso, os casos proliferam. O Sr. Renato Amary, a bem do PSDB deveria sair imediatamente da direção do Instituto Teotônio Vilela do PSDB-SP, e que se faça também uma representação contra ele na Comissão de Ètica. Preferível ter um Deputado Federal a menos na bancada do que tê-lo defendendo outros interesses que não o do Partido.

  3. Claudio Alves de Amorim

    Estou acustumado as históricas vitórias pírricas do PSDB. Só desejo estar vivo, para contemplar a vitória histórica da social democracia.

  4. JOSE RUBENSD OMINGUES FILHO

    Raul,

    Por isso o PSDB deveria parar de dar dinheiro do fundo partidário para candidatos a Vereador e investir mais em formação política.

    A gestão do Amary no ITV foi péssima.

    JOSE RUBENS DOMINGUES FILHO
    http://www.tucanojovem.wordpress.com

  5. Renato Cabelo

    Pois é meu caro, com o disse o Evandro, é Lamentável. Mas só vamos lamentar. Algo tem que ser feito. As coisas acontecem e nada se faz. A hora é agora.

    Renato Cabelo

  6. Raul,

    Esse caso é emblemático do que está acontecendo no PSDB, e reforça a necessidade de uma grande reflexão acompanhada de uma ação enérgica após as eleições.
    É hora de saber quem vai assumir o leme e dar um rumo a esse Partido.
    Ou tomamos coragem e cortamos na carne ou corremos o risco de uma morte lenta.

  7. Mauro Haddad

    Raul, a muito o PSDB deixou de ser um partido para virar a casa da mãe Joana – daquelas bem baixas.
    Nascido para mudar o país, viu seus quadros engordarem com pura gordura trans, como diria Sergio Motta.

    Precisamos de uma depuraçà o, de pessoas e líderes que vejam no PSDB um canal de transformação da vida das pessoas e não dos próprios bolsos.

    Será q a executiva estadual não vai fazer nada? Será que existem exemplos nas lideranças?

    Em Santos, o Dep. Estadual Fernando Capes aparece no jornal e em todas as propagandas de um candidato a vereador do PV, e o mesmo deputado foi para o rádio pedir voto, em Itanhaém, para um candidato a vereador do PTB.

    VAI FICAR TUDO POR ISSO MESMO?!?!?

  8. Carlinhos de Itariri

    Olá,Raul!
    É lamentavél sim,mais infelizmente esse é apenas um caso
    dentre tantos outros que tem por ai,haja visto os Kassabistas, Tucanos da Capital.Até quando temos que conviver com essas pessoas dentro do partido,que providências seram tomadas????
    Mais uma vez quero parabeniza-lo por abordar este assunto
    de tamanha importancia para nos militantes do PSDB,não podia esperar outra atitude de sua parte.Parabéns Raul!!!

  9. Claudio Alves de Amorim

    Um estilo tucano que dá certo

    Um lidera com muita folga as pesquisas em Curitiba e talvez seja o melhor representante de um PSDB sem crise nas eleições de domingo. O outro nem é do partido, mas deve levar o estilo tucano de gestão para a prefeitura de Belo Horizonte, num reflexo do que o governador Aécio Neves, este sim do PSDB, faz no governo estadual.

    Beto Richa, de 43 anos, aparece em todas as pesquisas com mais de 68% das intenções de voto, mas dispensa o rótulo que vem recebendo. “Estou longe de ser um fenômeno”, seu desempenho na prefeitura e na campanha tornaram inevitáveis as especulações sobre suas possibilidades de suceder o governador Roberto Requião (PMDB) em 2010.

    Márcio Lacerda (PSB), de 62 anos, comunista na juventude e empresário bem-sucedido, pretende implementar uma diretriz política distinta da que prevaleceu nos últimos 16 anos de gestão do PT Ã frente da prefeitura de Belo Horizonte, caso seu favoritismo nas pesquisas seja confirmado no domingo. Ele quer não só trazer os tucanos de volta como também replicar, em âmbito local, o “choque de gestão”, difundido por Aécio.

    Fonte: Valor Econômico

  10. É, amigo Raul!
    Este com certeza não é o PSDB que eu vi nascer e ajudei a construir. Eu me pergunto será que haverá mesmo o tal “supertribunal de ética e fidelidade partidárias pós-eleitoral?” Será que alguém tem dúvida que está faltando comando político principalmente na disputa da prefeitura da Capital? Este suposto supertribunal irá funcionar para todos, como no caso do nosso governador de São Paulo, o Srº José Serra (olha já votei para o Serra várias vezes e não tenho nenhum arrependimento)? Ou será que alguém tem alguma dúvida que o governador abandonou o candidato Tucano Geraldo Alckmin, em detrimento da candidatura do DEM (será que vai fazer “BEM” para São Paulo?).
    Então, este pretenso órgão julgador vai levar em conta a visão míope dirigida para as eleições de 2.010 e o grande prejuízo ao partido nesta faze eleitoral e de vida do tucanato? Ou será que agora é esse o tal “Nosso jeito de governar” do PSDB?
    Quem acredita que vai haver julgamento sério e honesto para os atos dos tucanos, começando por José Serra e Renato Amary. Existe alguém que acredita em algum tipo de julgamento sério e exemplar sem linchamentos políticos e sem as falcatruas que sempre denunciamos e fomos contrários? Ou será que o tucanato se igualou ou vem se igualando por baixo com as demais entidades políticas de nosso país?
    Um abraço ao amigo Raul e aos tucanos de bico vermelho de verdade,

    Edson Paixão.

  11. Pois é Amigo Raul,em Sorocaba temos o Mary.
    Em Minas temos o Aécio Neves.
    Em São Paulo, o José Serra.
    Até quando vamos assistir a táis acontecimentos, lamentáveis, dentro do PSDB.
    Já falei algum tempo atrás e torno a repetir!
    Não estaria na hora de criarmos outra legenda, e começar do zero?
    O PSDB está a meu ver sem rumo e sem comando, assim não da, assim não podemos continuar aceitando as mazelas vindas de cima para baixo, desses boportunistas, sim, até por que não consigo entender outra coisa a não ser, interesses pessoais acima dos partidários.
    Vamos passar uma borracha neles , senão é melhor falar de social democracia, e trocar por social demagogia.
    Lamentável!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *