Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

CPMF garante terceiro mandato a Lula !

Não me esqueço das piadinhas do Casseta & Planeta com o presidente FHC, a quem denominavam Viajando Henrique Cardoso. O próprio Lula soltava as suas ironias a respeito, quando era questionado e tergiversava sobre a falta de apoio do PT ao Fundef, à Lei de Responsabilidade Fiscal, à prorrogação da CPMF. Segundo levantamento feito até setembro, o agora presidente Lula comemorou a façanha de ter visitado um país a cada 10 dias, portanto, em 2007, esteve em 24 países diferentes, ficando fora do Brasil em 46 dos 268 dias do ano. Leia atentamente este texto, que você entederá o título! 

Desde que assumiu a presidência, em 2003, viajou 128 vezes para outros países, muitas vezes perdoando dívidas e "fazendo empréstimos" para países pobres. Para o professor Alcides Costa Vaz, especialista em relações internacional da Universidade de Brasília (UnB), "o aumento do número de viagens é uma consequência natural da crescente exposição do país aos processos e às estruturas internacionais e da diversificação de nossos interesses".

Hoje vivemos a perspectiva de futuro que desenhamos a partir do lançamento das bases do Plano Real, em 1994. O Brasil vem desencadeando ações que foram possíveis, graças àquele desempenho. Mas isso, quando relembrado agora, transpira como se fosse um chororô, porque nunca tivemos na história deste país uma situação tão positiva, favorável. No ano passado, quando o cenário internacional mostrava um autêntico céu de Brigadeiro, o país sob o governo Lula ainda comemorava os esforços para garantir o superávit primário, da velha agenda monetarista que encerrou os primeiros cinco anos da estabilização econômica.

O Brasil não viu a cor do dinheiro para novos investimentos nesse período. Mas anteviu, pós eleição de 2006, que o novo governo de Lula decretaria a aceleração do crescimento do país, por meio de PAC’s para tudo. Desde então, não faltam solenidades no Planalto e pelos Estados, anunciando volumosas somas para saneamento, habitação, estradas. E por onde andarão os recursos que "vieram prioritáriamente das empresas estatais e de bancos privados", conforme sempre anunciam petistas e seus aliados? Talvez na publicidade oficial do governo federal.

Então, retomo um assunto recorrente: a arrecadação de R$ 40 bilhões/ano da CPMF, se por acaso ela for mesmo prorrogada até 2011. Essa dinheirama vai abastecer a saúde, pano de fundo para o setor a que foi realmente criada, e distribuída cândidamente aos programas sociais, que são a vitamina dos votos de Lula que NÃO QUER NEM OUVIR FALAR EM TERCEIRO MANDATO (tsk, tsk).

Brasileiros pagaram R$ 435 bilhões em tributos de janeiro até setembro deste ano; só de CPMF, o imposto do cheque, foram R$ 26,9 bilhões. Nos 273 dias desse período, os cofres públicos receberam diariamente R$ 1,59 bilhão, inclusive nos finais de semana.

Durante a última semana fui questionado porque pareço radicalmente contra a prorrogação da CPMF, se isso não prejudicaria os governos do PSDB, além de alimentar a cizania do partido. Então respondo, fazendo também minhas as palavras do próprio líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Antonio Carlos Pannunzio: "Os governadores temem que se a CPMF não passar, o governo vai retaliar nos convênios e repasses para os Estados. Mas a CPMF é uma QUESTÃO DA OPOSIÇÃO E NÃO DE BANCADAS".

 

Compartilhe

5 comentários em “CPMF garante terceiro mandato a Lula !”

  1. Ricardo Muza

    Raulzito,
    Esse texto remete à questão da dificuldade de comunicação do PSDB e outros, em apresentar à sociedade algumas facetas mais realistas sobre o “Grande Comandante”.
    Além de todas as suas observações, percebo que estamos no meio de um verdadeiro “apagão energético” provocado pelas concessões do sr. Lula ao companheiro (dele) Evo Morales, além de falta de investimentos no setor elético, E NINGUÉM FALA NADA!!!!!!!!!
    A energia já cai em São Paulo, em alguns pontos da Capital, e por poucos momentos, mas cai. A Petrobrás está cancelando remessas de gás para abastecimento de veículos, para abastecer termelétricas……e ninguém diz nada……
    Apenas com a manutenção do gás da Bolívia esse problema poderia ser evitado….mas….ninguém fala nada….a imprensa…os partidos…enfim…..

  2. Resposta para o Ricardo Muza:

    Ricardo, por uma falha “operacional”, texto sobre a crise do gás não havia sido postado antes do seu comentário. Se puder, dá uma lida. Você tem toda razão. Por enquanto vamos alertando por aqui.

  3. SR.Raul, a CPMF só passa com o apoio do PSDB. Em tempo os parlamentares da região ( Beto e Marcio ) votam pela prorrogação. Cada povo tem o parlamentar que merece.

  4. Sr. Raul,
    Procurei seu contato na internet e encontrei um blog.
    Sou estudante de jornalismo do Mackenzie e vou escrever uma reportagem sobre o PSDB, por isso estou lendo o seu livro “De volta ao começo”, e gostaria de entrevista-lo. seria possível?
    Grata

  5. …O velho lembrete: a energia “cai” pq. está nas mãos de setores que só almejam lucros, não investimentos ( aviso aos “conhecedores ” de plantão do setor energético. Desde o governo FHC só se pensa em benesses do BNDES. Ninguém quer investir, só lucrar…). Investimentos em energia não é o governo quem tem que fazer e sim as empresas privadas que compraram as estatais do setor construídas com o dinheiro do povo e vendidas a preço de banana com finaciamento do BNDES. Ora, se quiseram comprar, pq. não investem na ampliação do fornecimento, na construção de hidrelétricas que é bem mais barato que termoeléticas??? Isso realmente a imprensa não diz. Inclusive não diz que as novas proprietárias do setor energético não investem em pessoal nem em manutenção de equipamentos, mantendo número mínimo de funcionários qualificados p/ operar substações e demais equipamentos. A CAPITAL DE SP É DE RESPONSABILIDADE DE UMA EMPRESA PRIVADA, A ELETROPAULO, LOGO A CULPA É DELA!!! Além da mais nova privada a CTEEP, transmissão, que, repito, foi comprada por uma empresa menor da Colômbia, esta potência mundial em energia elétrica. É bom que não se perca o foco da realidade, amigos. Quanto ao possível terceiro mandato, não há a menor manobra no Congresso p/ que isso ocorra, só se o PSDB quiser aprovar Lula por mais 4 anos, será que os tucanos querem, pois será preciso o voto deles,já que a bancada tucana é grande, ou não???? Lula erra muito mais em não cobrar das empresas privadas do setor elétrico que façam a sua parte, ou seja, forneçam energia de qualidade e barata, além claro, de não apertar o Sr. Morales. Sugiro novamente a leitura do Livro, “O Brasil Privatizado”, de Aloysio Biondi. Abs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *