Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

PSDB acorda unido com Geraldo !

A maioria dos tucanos de todo o país e simpatizantes de Geraldo Alckmin dormiram sem saber que por volta das 22h45 de sábado foi selado um acordo para a retirada da chapa de apoio ao Gilberto Kassab (DEM) da Convenção do PSDB da Capital. Essa mudança de cenário coincide com o retorno ao Brasil, do governador José Serra, principal liderança e eleitor do partido no Estado, que nessa mesma noite explicitou o seu apoio a Geraldo, ao receber, ao seu lado, o princípe herdeiro do trono japonês, Naruhito, no Palácio dos Bandeirantes. Esses dois fatos respondem a questionamentos de difícil resposta, nos últimos dias, sobre o resultado da Convenção tucana, que somente agora temos a tranquilidade de responder:  o PSDB terá candidato próprio nas eleições para prefeito de São Paulo neste ano e o seu nome é G-e-r-a-l-d-o A-l-c-k-m-i-n, sem mais atos falhos ou trocadilhos.

Recebi essa mensagem do Evandro Losacco, militante histórico e dirigente estadual do PSDB, por volta da meia noite, comemorando a decisão informada também pelo site do jornal "O Estado de São Paulo" e conclamando os tucanos a comparecerem à Convenção deste domingo para festejar a decisão que contou com a reconsideração do posicionamento de militantes que desejavam manter a aliança com o DEM na direção da Capital (que governa com idéias e programas do PSDB), preservar Geraldo e garantir desde já a sua volta ao governo do Estado em 2010.

O PSDB terá chapa única encabeçada por Geraldo Alckmin com o apoio unânime do partido. Essa reconsideração é madura e fortalece a unidade do PSDB para a vitória eleitoral, com repercussão em todo o país. Valeram muito as manifestações partidárias conciliatórias da Capital e do Interior, que nos últimos dias ganharam o reforço de dirigentes nacionais e lideranças estaduais de diversas localidades, além das bancadas parlamentares, preocupadas com a divisão de forças, mas não afastando as excelentes perspectivas de uma aliança entre o PSDB e o DEM para o segundo turno.

O vereador Gilberto Natalini, um dos articulares da extinta chapa pró-Kassab, refletiu após a decisão de garantir que o PSDB acorde unido neste domingo "que duas candidaturas numa convenção importante e decisiva como essa apenas jogaria água no moinho do PT". Há que se respeitar as posições contrárias, legítimas quando elas acontecem no interior de um partido que sempre foi democrático, para dar exemplos de sua postura à sociedade, e atuar agora para não permitir que se dispersem objetivos e forças.

Para quem me abordou, sedento de explicações, às vezes intransigente, posso afirmar que o PSDB foi resgatado, compreendendo essencialmente que as últimas pesquisas reforçam o desempenho da ex-prefeita e que o PSDB unido em torno de Geraldo Alckmin representa um caminhar unido para mais uma vitória eleitoral e para o cumprimento do seu destino histórico: de trabalhar por São Paulo e mudá-la para melhor, sempre!

Não há vencedores e nem vencidos nesse processo. Quem quiser buscar esse caminho, apostará no atraso. É hora de olhar para frente, curar feridas e manter o respeito. Essa notícia realmente tranquiliza um partido que comemora nesta semana 20 anos e que está amadurecido para voltar a conduzir os rumos do Brasil, com José Serra na presidência da República!

Compartilhe

21 comentários em “PSDB acorda unido com Geraldo !”

  1. Valdinéa Borba - Ituverava

    Olá, Raul! Como vai?

    Fico muito feliz por saber desta decisão inteligente do PSDB e coloco-me à disposição para trabalharmos juntos pela eleição de nosso querido Geraldo Alckmin, bem como de outros prefeitos tucanos de nossa região.
    Um forte abraço,
    Valdinéa

  2. Vera Souza Dantas

    Raul,
    e eudiria que além de unido o PSDB acorda aliviado. Pelo menos foi assim que me senti ao ler esta notícia no seu blog. Finalmente ganhamos o corpor necessário e lógico para seguir nesta empreitada. Juntos com Geraldo, sim, sem fissuras que nos façam perder energia.

  3. Oi Raul, bom diaaaa . Você é me dá a grande notícia , ahh passei em primeira mão a Leda. E o vice? Un par de besos .

  4. Raul,

    Um partido que tanto lutou por São Paulo, pelo Brasil e pela democracia não poderia jamais ter suas lideranças seguindo em caminhos diferentes. Parabéns ao bom senso e à união.

    Grande abraço,

    Vito

  5. Edgar Boturão

    Alô Raul. Forte abraço. Parece coerente a decisão dos tucanos. Resta saber qual será o discurso de Alckmin durante a campanha. Kassab é a continuação de Serra e do PSDB, logo fica difícil fazer críticas à administração. Nesse aspecto Marta vai nadar de braçada. Aliás, acho que ela tem lugar garantido no segundo turno. E, certamente, conta com possíveis desentendimentos entre Alckmin e Kassab.

  6. Marco Uchôa

    Fico feliz com esta decisão e coesão no nosso partido….afinal o PSDB é o estandarte da ética neste confuso quadro político do Brasil; e a sua unidade é de extrema importância para os objetivos da social democracia….deixo meu registro também que o Gilberto Kassab fez um bom governo…eu que ando muito na capital e acabei sendo um admirador dele e da sua coragem…..que possamos ter alianças futuras como esta, pois realmente surpreendeu…abraços

  7. francisco de assis vieira filho

    Raul, estamos felizes, prevaleceu o bom senso, somos testemunhas do seu empenho buscando a melhor alternativa
    Geraldo Alckmin para Prefeito de São Paulo. A executiva municipal sob o comando do amigo Lobo nunca vacilou, defendendo candidatura própria, a maestria e sensibilidade do Mendes Thame, Presidente da Executiva Estadual do PSDB, em defender candidatura própria, enche de orgulho a militância tucana. Já dissemos que o Kassab era problema doDEM, e que o Geraldo era solução no PSDB.Importante registrar a liderança e conduta moral do Serra,Governador , que junto com O Geraldo representa o que temos de melhor no PSDB. Um partido com quadros como Bruno Covas, Silvio Torres, Edson Aparecido, Júlio Semeghini, Tião Faria, Emanuel Fernandes e tantos outros que nunca vacilaram a certeza que o Geraldo sempre foi a melhor opção para São Paulo. Só fico triste que em cidades importantes como Taubaté e Pindamonhangaba mesmo o DEM não tendo candidatos a Prefeito, não fechou com o PSDB, apesar disto vamos ganhar da mesma forma. Raul, parabens, voce trabalhou por esta unidade e conseguiu, fico devendo um abraço.
    Chesco

  8. Ercilia Pouças Feitosa

    Raul, meu rei,

    Melhor que acordar com esta boa notícia é poder dormir com ela. Chega de susto e sobressaltos. Vamos somar com Geraldo Alckmin e voltar à seriedade política deste país.

  9. Parabéns ao PSDB pela habilidade em lidar com essa situação, principalmente ao governador José Serra, que soube ceder mais uma vez, sem se submeter, e evitou um rompimento imprudente com o DEM, um partido de bravos e que eu aprendi a respeitar, sem preconceitos.
    Raul, você já leu o texto de João Ubaldo Ribeiro no Estadão deste domingo?

    Por que o Fernando Henrique não aproveita e faz um discurso em cadeia nacional, no horário nobre,assim:
    “Presidente Lula, eu te perdôo por ter sido contra o Plano Real que estabilizou a economia brasileira.
    Eu te perdôo por ter chamado o Bolsa-Escola (agora Bolsa-Família) de Bolsa-Esmola e mandar todos os deputados e senadores do PT votarem contra esse programa.
    Eu te perdôo porque você foi contra tudo no meu governo, lutou para me derrubar e continua falando mal de mim.
    Afinal, você não sabia o que era governar no meio de lobos e ainda ter o PT na oposição. Eles obedeciam cegamente todas as suas ordens para me destruir.
    Porém, agora eu só posso agradecer, pois você colocou seu carimbo em todos os meus programas de governo e deu continuidade à minha obra.
    Obrigado, presidente Lula, por não ter acabado com o Bolsa-Escola, que bom que você entendeu que a população brasileira precisava de ajuda, apesar de eu não concordar com algumas mundanças no programa.
    Enfim, você vai ficar para a história como o presidente xerox ou clone do Fernando Henrique, não importa, o que interessa é que nunca na história desse país alguém me admirou tanto.”

  10. Zeca da Firenze

    Ola Raul.
    O PSDB sai fortalecido com esta decisão, mostra a maturidade esperada para superar as dificuldades, a acima de tudo fidelidade e lealdade, tanto aos ideais tucanos como ao nosso amigo Geraldo.

    Te espero em Peruíbe dia 27/sexta,
    Abraços.
    Zeca da Firenze

  11. ÉDSON DE MORAIS BUENO

    Caro Raul,feliz dia!
    Com certeza todos tucanos gostaram do desfecho, pois, como disse nosso Governador “Nunca há uma mesma opinião. O importante é que haja uma só decisão.”
    Quero registrar aqui um fato importante que não pode passar despercebido, como ocorreu em 2004, e que causou a divergência que o PSDB Paulistano viveu até as véspearas da convenção de ontem.
    Você afirma que recebeu mensagem do Evandro onde é colocado para “preservar Geraldo e garantir desde já a sua volta ao governo do Estado em 2010”.
    Caso isto ocorra, e respondendo ao comentário da norisa, o vice do Geraldo Alckmin será o Dep.Est.Campos Machado, aquele que está sendo investigado na Máfia do Detran, do PTB, aquele partido do mensalão, que ficará com a Prefeitura.
    Saudações.

  12. Fábio Lopez

    Querido Raul!

    O PSDB demonstrou ontem maturidade e acertadamente indicou o nome de Geraldo Alckmin para concorrer a prefeitura paulistana.

    Parabéns PSDB, parabéns Dr. Geraldo!

    Forte abraço.

  13. Marcelo Bueno

    Estimado Raul,

    Sempre acreditei no potêncial tucano, de seus integrantes e principalmente de seus líderes. A Candidatura do Dr. Geraldo Alckmin à prefeitura de São Paulo é uma decisão sábia e sem dúvida nenhuma, vitoriosa.

    Parabéns PSDB, parabéns São Paulo!

    Abraço

  14. alvaro gonzalez

    Como as coisas mudam. Até 15 dias a maioria das pessoas que deixavam seu comentário aqui apoiavam a aliança com os “DEMOS”, Vc diz que a “principal liderança do partido” explicitou ( na frente das câmeras) apoio ao candidato GERALDO ALKMIN este sim um grande líder que lutou contra tudo e contra parte dos tucanos traídores. Mas GERALDO ALKMIN segue a linha de MARIO COVAS (honestidade, lealdade ao partido), ele precisa ficar atento contra a dupla Kassab e Serra. A maior cidade da América Latina agora terá candidato e será governada a partir de 2009 pela maior liderança TUCANA de SP o prefeito GERALDO ALKIMIN. Enquanto aqui na província BRUNO COVAS foi engolido pelo que restou do PSDB.

  15. Francisco José Gonçalves

    Espero que o PSDB não fica dividido, e não ajude a Martaxa voltar a Prefeitura. Mas vamos acreditar na nossa força! Em 2010 tá longe, espero que Geraldo caso seja vitorioso, fique na Prefeitura de SP.

  16. Carlos de Brito

    Olá Raul!
    Eu nunca ví outro desfecho que não fosse esse: Candidato próprio. E com Geraldo na cabeça de chapa.
    Lastimo que em outras cidades tão importantes quanto São Paulo, não teremos candidatos. Em relação ao Bruno ele é mais importante aquí na Assembléia do que ser vice ou queimar uma candidatura, pois ele é jovem e tem tudo para fazer uma brilhante carreira.
    Um Abraço.
    BRITO

  17. Raul, se fosse no meu blog, diria: bullshit!!
    Bestagem pura. O PSDB nunca foi unido. Provavelmente nunca vai ser.
    Muito Cacique para pouco índio, ou muita estrela para pouca constelação – já dizia o outro Raul…

    A ausência dos vereadores na convenção e de outros kassabistas comprova isso.

    A convenção estava vazia. No auditério da Assembléia tinham lugares e mais lugares a serem preenchidos, mas faltavam militantes.

    Militantes que ou não foram pq seus caciques mandaram nà o irem, ou não foram pq està o cansados de decisões tomadas por alguns na calada da noite deliciando um bom vinho francês…

    bestagem meu amigo, bestagem…

    e por falar nisso, os secretários e subprefeitos deixaram seus cargos?!?

  18. Maria Adélia da Silva Lobão

    Raul,
    Parabéns pelo seu esforço de manter o PSDB Ã frente com
    Geraldo Alckmin. Seria muito triste não termos candidatura própria, deixando este espaço para outros ocuparem.
    Parabéns pela matéria de A Tribuna de hoje. Realmente, “Muito a fazer com o PSDB!”
    Um abraço.

  19. È isso ai Raul.
    Eu já sabia, que o Geraldo seria o candidato do PSDB, para Prefeito de São Paulo.
    Só acho que após a vitória, ele continuasse até o fim do mandato, 2012 ou até quem sabe 2016, e com isso abrir espaço para futuros candidatos ao governo do Estado.
    Após então, mais na frente sairia candidato a Presidente.
    O Geraldo ainda é muito novo e terá tempo suficiente para chegar a Presidência da República.
    Parabéns ao PSDB Paulista.
    Abs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *