Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Desvendar olhos, só com Educação !

Todo dia me pergunto sobre a razão de tantas crianças e adolescentes pegarem um atalho para a violência e o crime. As vítimas, como a menina Gabriela, de 8 anos de idade, que morreu em um assalto em Rio Claro, Interior de São Paulo, turbinam as estatísticas e duvido que incomodem mais o presidente Lula, que não cansa de reproduzir os seus (de)feitos em números nunca antes vistos, bem longe do foco das ações preventivas nas escolas, comunidades estudantis e famílias. Não lí até agora uma linha de projetos reais do governo federal para a melhoria da qualidade da educação, além das bolsas isso e aquilo. Sem alternativas, a redução da maioridade penal voltou à pauta do Congresso Nacional. Esse é o único caminho ?

Educadores responsáveis e comprometidos com a recuperação da educação no Brasil promoveram uma revolução silenciosa durante o governo FHC. Mudanças iniciadas com a reorganização e fortalecimento do papel do INEP, para que o país dispusesse de dados e estatísticas educacionais acreditados. Em seguida definiram os sistemas de avaliação do ensino básico e criaram e implantaram o Fundef, um fundo específico para o desenvolvimento de ações educativas e valorização dos professores.

Com mais dinheiro público carimbado para a educação básica, foi possível criar a TV Escola, elaborar parâmetros curriculares nacionais, avaliar o livro didático e fazer que ele chegasse nas escolas antes do início do ano letivo. Com tudo isso posto e realizado, FHC e o seu ministro Paulo Renato realizaram os programas "Toda Criança na Escola" e "Bolsa-Escola Federal", para universalizar as matrículas e estimular que meninas e meninos permanecessem na escola.

Não houve tempo para o desafio posterior, da melhoria da qualidade da educação. Acho que o presidente Lula acerta quando relembra o afastamento da classe média das escolas públicas, a partir dos anos 60. Não foi uma desistência pura e simples da luta pela melhoria da qualidade do ensino. As escolas particulares mais tradicionais sempre ofereceram melhores resultados para os seus alunos. O descompromisso dos governos antidemocráticos com a educação geral do povo brasileiro, em especial no período entre o golpe de 1964 e o ano de 1985, favoreceram essa migração para escolas pagas.

O desafio agora é para reconquistar a confiança da classe média nas intenções do governo federal em promover melhorias além do discurso fácil. Isso passa por ações preventivas e de valorização da presença e da participação das famílias na vida dos alunos. As crianças e os adolescentes brasileiros precisam dessa atuação verdadeira e decisiva.

A falta de cuidados básicos com a educação submete a sociedade ao risco de produzir seres despreparados para a cidadania. Por isso não vale apenas lamentar o ocorrido com Gabriela, baleada na cabeça por um rapaz de 17 anos que já tinha cometido um outro crime em Rio Claro e libertado pela Justiça. A notícia é chocante e continua repercutindo em todas as mídias.

A educação não é culpada disso. A falta de educação é responsável por essas deformações. Parece muito fácil reduzir de 18 para 16 anos, a idade para que um menor possa ser responsabilizado criminalmente. Faremos justiça, se for assim. Mas quem será capaz de oferecer outro caminho sem escolarização e sem a redução das desigualdades tamanhas neste Brasil ?

Compartilhe

7 comentários em “Desvendar olhos, só com Educação !”

  1. carlos laureano

    Infelizmente a educação e a falta de educação no Brasil não são levadas a sério nem pelo governo federal, pelos governos estaduais, pelos governos municipais, mídia, etc.
    Nenhuma mudança estrutural se faz. Por exemplo, remenda-se, continuamente, a última e bestial mudança ocorrida na ditadura quando se “somou” os científicos da época (exatas e biológicas), ao clássico, transformando o ensino médio no Frankstein de hoje e, em decorrência, os vestibulares massacrantes atuais. ENEM nos atuais moldes? Cobrança e encaminhamento da educação para um conhecimento vasto como um oceano e profundo como um pires. Repensar e reestruturar o ensino no país significaria cutucar com vara curta os sindicatos de professores e de mantenedores. E isso nenhum político quer.

  2. Plínio Melo

    Caro Raul,
    Não seria “falta de educação” o que a SABESP faz? Interrompe ruas sem prévio aviso. Impede o acesso dos moradores à própria casa sem qualquer constrangimento. Dá mostra que não define com ninguém a agenda de trabalho, pois espera a prefeitura gastar nosso rico dinheirinho em asfalto para, logo em seguida, quebrar tudo.
    Venha ver o que a SABESP faz em Peruíbe. É, no mínimo, falta de educação.

  3. Amigo Raul

    Na minha humilda e leiga (considero-me aprendiz eterno, nunca um educador mestre) opinião, as guerras do século passado criaram uma civilização sem valores, a não ser o das imperiais conquistas de dinheiro central nas políticas que hoje fermentam o capitalismo central; ou seja, um outro tipo de educação forjou uma “neo cultura”, baseada no individualismo a qualquer preço. Claro que existem exceções nas etnias que convivem em abiente tribal, ou no socialismo real, por ideologia extremada do princípio da Igualdade Comum a Todos.

    A comunicação social municiada por lucros que trazem insumos de alta tecnologia a cada dia mais eficientes, tornaram essa Cultura global consumista um fato real.

    Há que se tentar mudanças e retornos ao valor cultural como o principal atrativo social. No tempo de nossos pais e avôs, ensinava-se grego nas escolas. Ora, a linguagens científicas, filosóficas e artísticas, têm a língua grega como matriz verdadeira e não outras fontes, apropriações culturais indevidas da civilização helênica, berço da Educação no mundo ocidental.

    No Brasil, a linguagem afetiva com o próximo e com a mãe natureza no conhecimento por experiência é indígena, por excelência. O preconceito burguês transformou a culta civilização das nossas florestas em jargões divertidos e nas menções folclóricas superficiais.”Delenda Pindorama”,
    a palavra de ordem dos “descobridores” e das sequências do poder político cultural, nas famílias e nas escolas.

    A cultura africana das outras nossas raízes, foi para os tambores, para os ritos sensuais, enfim para a “liberada”
    festa social e para a cozinha esplêndida. Hoje, tenta-se por meio de cotas e outras medidas discutíveis essa mais do que necessária integração do afro descendente em nossa cultura social.

    Raul, sou um corinthiano chutador, mas me esforço por esse
    assunto que creio de vital importância para a auto estima do brasileiro e o resgate dos nossos verdaeiros valores.
    Nessa intenção, abusando do seu – “nosso” – Blog, fui à luta na internet e transcrevo aqui, o que encontrei sobre
    o tema línguas e linguagens para os educadores, ou mesmo os proselitistas como eu encontrarem conteúdos que se os Governos se utilizassem trariam a mais valia linguística
    na minha suposição *sonhadora*. A saber:

    SemióTica Apresentação Geral
    aula de Semiótica no curso de PP na Universidade de Mogi das Cruzes – profa. Dra. Luci Bonini … Mais uma de Semiótica…
    “As coisas não são coisas, são signos criados pela mente”
    Música & Semiótica
    Uma possível teoria semiótica da música (pautada logicamente em Charles Sanders Peirce. Cadernos de Estudo Análise Musical 5, 73
    Semiologia “Saussure”
    Umberto Eco, Semiologia e Internet – Video – Repubblica Tv – la [Translate this page]
    Il celebre scrittore e professore dell’Università di Bologna conversa con un suo studente, Leonardo Romei, … Internet, un’enciclopedia senza filtro; … Se la rete non elimina diventa un Dio stupido…
    Livro pela internet de Edgar Morin: Site da Multideversidade “Los siete saberes necessarios para la Educacion del Futuro”

    Sem mais, rsss caracas, viajei legal!
    Ivan Alvim – PSDB – Dir. GUARUJÁ

  4. Falta incluir esse roteiro como parte da solução futura

    A importância de todos plantarem uma só arvore

    Se a religião e uma só e o mesmo deus de todas, porque tanta divisão sem aliado se o que importa e o resultado, se ainda somos os mesmos seres desde o inicio da existência sem sofrer alteração visual natural, só desmatamos as florestas, assim como uma plástica muda a nossa aparência ai a natureza desprotegida danifica o nosso clima danificando a nossa resistência

    Se a importância do aliado e tão importante para preservar o meio ambiente que tem tudo a ver com e evolução de todos semelhantes se forem educados e profissionalizados em todos os sentidos no tempo certo para ter um futuro sem furo

    Se tudo e direito leva tempo para adquirir uma arvore anos para crescer, como podemos cobrar aquilo que só foi falado sem por em pratica para ensinar só tirar sem ensinar como sobreviver e ainda se prevenir

    Exemplo: deixou uma marca negativo amplamente divulgada pelo programa do Faustão dizia os pais vão saber qual e o sexo que seus filhos vão praticar, decidindo depois dos quinze anos de idade isso foi dito no ar por muito tempo

    No lugar dessa mensagem devia por como solução aula de como proteger o meio ambiente sem medo de falar o que representa o ar que respiramos para o futuro da humanidade

    Isso sim precisa mais do que todos aliados juntos, e os representantes do povo e a mídia cobrando a importância do clima, para evitar os momentos difíceis que vem pela frente com o clima quente

    Na vida de todos que tem o direito de aprender que foi negado, por falta de priorizar a educação como principal investimento de solução humana eliminando gastos futuros para cada um de nos plantar uma arvore

    Exemplo os acessos grátis do governo tem custo vários vezes superior as acessos privados, e quem paga essa conta todos nos que somos os sócios do patrimônio publico elegemos gente fora do foco da realidade presente sem especialização muito menos conhecimento daquilo que devia fazer para produzir solução, se a população se aliar todos os itens de solução necessária, e os representantes concordarem que isso e preciso para o progresso de todos no custo beneficio vai sobrar recurso para plantar muitas arvore

    Equilíbrio vem com a distribuição do lucro e não com aparência se deixando enganar

    http://www.ficcaoglobalizada2015br.blogspot.com/

    Isso e como as CPIs e da Petrobras vai abrir as portas para eleger possivelmente quem o Lula quer se for a Dilma que já e a própria garantia que a distribuição de renda vai continuar, quem vota e o povo que quer isso como garantia

    E se falar que o Resumo do Futuro no Projeto Felicidade para todos for anexado como a continuação das bolsas para distribuir o lucro para todos no universo como solução mundial, ate o meu nome fica forte para concorrer se for indicado

    1. 28
    Paulo Ilmar Kasmirski:
    26 maio, 2009 as 4:26 pm
    Divirta-se sendo mundo

    A internet já e mais que um milagre para o mundo, vem incorporando tudo, ainda o melhor vem para consertar tudo a favor de todo o destino sem fronteira como se o mundo fosse um só, se materializando para surgir um mundo novo

    Um caminho só de ida

    O maior milagre vai ser o Resumo do Futuro no Projeto Felicidade para todos, tudo será detalhado em 22 capítulos postado na internet para virar lei, e preciso virar matéria escolar

    A distribuição do lucro do mundo dividido por habitante em troca de todos os benefícios incluindo alguns tributos tem o maior projeto educacional embutindo dentro

    Vai ser a maior mudança do futuro no momento certo vai decolar por vontade divina, um pedido de Jesus Cristo decifrado conforme Deus gostaria de ver, um pedaço de esperança para todos sorrir

    Com a distribuição do lucro, ter o pão para comer água para beber, um calasse de vinho para tomar, com isso o rico fica mais rico e o pobre deixa de ser pobre, e a solução se multiplicando naturalmente

  5. Roberta Buongermino

    Raul,
    Estávamos comentando exatamente isso na aula de cenário político internacional da pós de compreensão crítica do mundo atual… Todo problema de uma sociedade, seja ele qual for, a solução é educação.
    Problema de trânsito? Educação.
    Criminalidade? Educação.
    Saúde? Educação.
    Péssimos alunos ingressando nas universidades? Educação.
    Enquanto não for valorizada a importância da educação e ela for tratada sem prioridade, não consigo ver uma saída para um país melhor.
    Um grande abraço,

    Roberta

  6. Eu estou assistindo o canal do Lula, simplesmente horrorizada.
    Representantes das ONGs do Lula em pleno debate de apologia ao uso de drogas, exaltando seus benefícios e desfazendo “mitos”.
    Esse é o “cara”, só se for no inferno.

  7. Paulo Matos Junior

    Tomara que essa suposta ‘maioridade penal’ não seja aprovada em Brasilia, isso não vai solucionar nada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *