Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Uma eternidade sem Ruth Cardoso !

Fechamos a semana com uma missa em memória de Ruth Cardoso, neste sábado, às 10 horas, na Capela do Colégio Sion, em São Paulo. Faz um ano que ela nos deixou com uma herança consagrada parcialmente pelo governo Lula, o programa Bolsa Família, uma das principais ações da rede de proteção social criada por Fernando Henrique Cardoso e que perdeu a idéia essencial da contrapartida e da distribuição de oportunidades. Quando a doutora Ruth Cardoso desenhou a versão nacional do Programa de Garantia de Renda Mínima, a Bolsa Escola Federal e os primeiros movimentos para a unificação da Bolsa Alimentação, Vale Gás e Peti – Erradicação do Trabalho Infantil, o caráter emancipatório dessa iniciativa vislumbrava uma Nação mais solidária e menos desigual no futuro.

Será sempre tempo de lembrar a importância de Ruth Cardoso no planejamento e condução de ações para alterar de forma estrutural a realidade das comunidades mais carentes do país. Os exemplos deixados pela Comunidade Solidária, organização mesclada pelo Estado, organizações não governamentais e o voluntariado, representam uma referência na melhoria dos índices sociais desde a estabilidade da economia, no último semestre do governo Itamar Franco e durante os oito anos de FHC.

Ações como Alfabetização Solidária e Universidade Solidária, jamais foram isoladas do conjunto da obra social do governo federal. Havia o comprometimento com as oportunidades de emancipação, principalmente nas áreas da educação, cultura,  saúde e desenvolvimento agrário, destacando o Fundef para levar toda criança na escola, o Fies que elevou a permanência de estudantes carentes nas universidades, o Proep que ampliou em mais de 200 novas escolas de educação profissional, o PSF de atenção básica à saúde da família, os genéricos que baratearam os custos dos medicametos, além da agricultura familiar e do acesso quase que universalizado aos telefones fixos e celulares em todo o país.

Registro aqui o privilégio de testemunhar e participar efetivamente de muitas ações empreendidas sob a orientação de uma personalidade educadora atuante e discreta. Há muita saudade e respeito no meu coração e de todos os seus colaboradores diretos e indiretos. Ruth Cardoso foi uma das pessoas mais influentes na definição de políticas públicas para a área social da história do Brasil. Além disso, lutava pela modernização dessas políticas, sempre com o objetivo de beneficiar o maior número possível de pessoas.

Um ano de saudade, que mais parece uma eternidade, pela falta que nos faz, especialmente diante dos desafios que estão batendo à nossa porta. Pela solidariedade e uma vida mais digna, com a ampliação e melhoria do atendimento de quem ainda precisa e sonha com a perspectiva de conquistar uma oportunidade de trabalho, emprego e renda. Dar o peixe e ensinar a pescar, sempre, limitam a cidadania. Precisamos rever os paradigmas e retomar as lições de Ruth Cardoso, em busca de um Brasil solidário, educador, empreendedor e garantidor de serviços públicos essenciais para todos !

Compartilhe

5 comentários em “Uma eternidade sem Ruth Cardoso !”

  1. Todas as vezes que eu leio algo sobre Ruth Cardoso eu penso em várias possibilidades de como revelar a verdade para uma população tão fortemente envenenada com tanta propaganda mentirosa, com tanto discurso agressivo e com tantas lideranças envolvidas nessa teia de corrupção.
    Eu imagino uma campanha de arrecadação entre nós, cidadãos do povo conscientes, bem informados e bem intencionados, que não fomos seduzidos por verbas ou cargos públicos, para produzir um filme em homenagem a essa grande protagonista dos programas sociais mais importantes de nosso país, enquanto o usurpador, que foi contra tudo isso no passado, agora recebe os prêmios e os elogios. É um desaforo.
    Continuando em minhas divagações, como estaria o nosso povo se tudo fosse levado adiante do jeito que deveria ser, se não fosse desviado para o campo demagógico que confinou a nossa população miserável num curral dominado por lobos astutos?
    Se esse povo que está mergulhado nas trevas, na escuridão da alma, assistisse uma obra de ficção que mostrasse o princípio de tudo, com seus verdadeiros autores, porém, na sequência teríamos os mesmo personagens apontando caminhos que despertariam talentos, recompensariam os que tivessem mérito, conduziriam todos aqueles que se dedicassem para o sucesso e o reconhecimento de seu valor.
    Não é possível que a grande maioria das pessoas, se tivessem esse tipo de motivação, não enxergariam que existem outros caminhos além de um prato de comida.

  2. Resumo perfeito da realidade

    Pede aplauso

    Tudo podia estar bem melhor se fosse levado no pé da letra, foi o que ouvi na única vez que cheguei perto da Dona Ruth sem conseguir falar com ela, entrando no local onde estava como impostor um penetra sem convite

    Só uma coisa que lamento no dia, não tinha uma câmera para fazer um vídeo, que entraria para historia, com o titulo Nó Pé da Letra

    Assim como uma única vez com FHC, gravei no IFHC dele, como convidado num seminário ele autorizou o vídeo para por no youtube no link

    http://www.youtube.com/watch?v=kSKXtE9sj8Y&feature=channel_page

    Tudo e possível daqui para frente

    Porque as cabeças pensantes estão entrando em sintonia

    O importante e a estratégia funcionar para que a coisa funcione ate chegar esse ponto, e preciso ultrapassar as barreiras imprevisíveis que ficam bloqueando, precisam ser desbloqueadas no jogo para furar as barreiras ate chegar a vitoria tem muito treino assim como para ganhar uma luta, em todas as categorias

    Exemplo: quando esse projeto FIM DOS CHEIRAS COLAS DO BRASIL, já estava praticamente consolidado, baseado num dos projeto que era o fim dos cheiras colas do Brasil, o grupo Votorantin estava a todo favor, inclusive me ligaram varias vezes dizendo que adotaram o projeto na integra, incluindo a reforma da PRAÇA LADEIRA DA MEMÓRIA, COM MAIS ARVORES EM VOLTA

    Só que quando determinado secretario me ligou e enviou um pedido pedindo pelo amor de Deus para não fazer o evento da partida do projeto que já estava em andamento, para não fazer a programação dos 30 dias na Praça Ladeira da Memória que iria envergonhar a sociedade, como se isso não existisse na época e no presente

    E que esse evento poderia causar vergonha, onde apenas cada um de qualquer idade morador de rua ou não, iria receber um caderno lápis caneta borracha, para cada um escrever sua historia de todos os fatos desde dia que nasceu ate esse dia, junto com a colaboração dos comerciantes do centro que patrocinavam pão de primeira com carne moída de patinho servido com lanche, suco água refrigerantes

    Conforme exposto no link da ficção em um dos capítulos

    http://www.ficcaoglobalizada2015br.blogspot.com/

    Que por sinal, uma luz no governo federal estadual municipal, ascendeu esta colocando no ar a copia semelhando do projeto fim dos cheiras colas, nos mesmos moldes vai produzir a tranqüilidade que os estudantes precisam na escola estudar sem interferência alheia

    Esse evento esta entrando no ar vai ser como um milagre para o futuro dos estudiosos que alias toda criança gosta de ir para escola estudar porque sempre tem algo mais o parque que as escolas oferecem com quadras de jogos e brinquedos

    Cada escola vai selecionar os representantes que vão levar a historia de cada estudante como e na vida no dia a dia, escola casa laser trabalho e os embroma-lhos uma palavra do novo dicionário meu nome de uma gíria que diz tem que abrir os olhos para os herdeiros colherem os ovos de ouro

    Mesmo sem nunca ter recurso disponível para por diretamente no ar alem da escrita que por sinal já estão dizendo que esta virando uma obra de arte nem sabia disso que podia chegar a esse ponto como palpitam brasileiros e estrangeiros pelo mundo afora

    No momento o resultado no final do mês esta no empate técnico como se o carro estivesse no ponto morto sem combustível, com ajuda ao contrario do speedy deixando os usuários envenenados de raivas, mesmo assim isso tem um lado bom para pesquisar melhor o futuro dos internautas dominados pela internet em assuntos desfavoráveis a eles mesmos sem gerar resultado, as contas vão ficando de lado ate ser cortadas ficando sem conexão viram um leão por onde passam para acessar acham que estão na sua casa e tem direito de usar de graça

    Só se o governo pagar os acessos privados fazendo parceria diluindo os custos para pulverizar melhor o aprendizado, aliais grátis deveria ser somente depois de fazer todos os cursos básicos de informática para conquistar o direito de acessar profissionalmente assim como estudar

    Se a gente não cuidar da educação das crianças, elas não vão cuidar de nos na velhice

    Um caminho criado para canalizar a sua idéia livre no link uma incitativa inteligente das pessoas

    http://www.ecofuturo.org.br/premio/

    De tudo isso e parte de tudo que sai o resumo do futuro no Projeto Felicidade para Todos

  3. Caro Raul,

    Tenho lido suas matérias e admiro a forma clara e precisa com que discorre sobre os vários assuntos, contudo, este em paticular eu não poderia deixar de comentar: “Uma eternidade sem Ruth Cardoso !” – Quantas saudades!
    É preciso manter a chama acesa, exemplos como estes na mídia para que outras “Ruths” surjam…
    abraço

  4. Carlos Alberto Lopes

    Realmente, bem lembrado… Era uma grande Dama Brasileira e merece todas as homenagens.

  5. Meu Caro Raul,

    Espero um dia ver (re)conhecida a obra da Dra Ruth em toda a sua extensão. Voce conseguiu fazer um belo resumo, evidentemente pelo privilégio que tivemos de vivenciar e até participar do trabalho tão importante para o País, que essa mulher foi capaz de realizar. As sementes plantadas pela Dra. Ruth já deram e vão continuar a dando os frutos que ela esperava. Uma enorme obra foi feita com a grandeza de quem nunca se preocupou e até afastou o brilho dos holofotes.
    Quanta diferença, vê o País nesses últimos tempos !!!
    QUANTA SAUDADE ! ! ! !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *