Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Vale mais Brasil!

Semana passada um professor da escola de minha filha abriu espaço em classe para uma militante do PT, que desejava colher assinaturas favoráveis à realização de um plebiscito para decidir sobre a reestatização da Companhia Vale do Rio Doce. Ao chegar em casa comentou o ocorrido, argumentando que embora o fato tivesse tom político partidário ela se sentiu mais ofendida com as críticas do professor e da militante à iniciativa do governo Fernando Henrique Cardoso: __ Pai, vc me disse antes que a privatização da Vale foi boa para o Brasil. E agora, o quê me diz ?

Com certeza essa dúvida ainda paira sobre muitas cabeças. Os responsáveis pela privatização da Vale são os tucanos, que não conseguem superar os seus bloqueios com a comunicação e perdem essa batalha para a contra-informação petista-lulista. Quem não se lembra da dificuldade de Geraldo Alckmin em responder sobre o tema nas eleições passadas ou para desfazer o boato da privatização do Banco do Brasil ?

Entre os leitores deste blog lancei uma enquete para confirmar o quê sempre acreditei: foi realmente boa para o Brasil a privatização da Vale. O resultado não me surpreendeu. Vinte e um leitores optaram pela alternativa que a Vale está melhor porque foi privatizada; quatro a queriam estatal; cinco defenderam a sua reestatização e nove votaram favoráveis que continue privada.

Imagine a sanha petista-lulista aparelhando a Vale, nessa confusão que fazem entre Estado e Partido, a Companhia seria um prato cheio. Lula herdou de FHC, em 2003, 19.943 cargos de confiança. Criou mais e hoje Lula e seus aliados continuam insatisfeitos com "míseros" 22.345 cargos ocupados. Recentemente a imprensa divulgou que o PT calcula que cerca de 5.000 cargos federais são ocupados por filiados, que são obrigados a contribuir com parte do salário, o "dízimo", para o partido.

Justificativas políticas não me faltam. Mas para responder com clareza à minha filha, ao seu professor, à militância petista e aos leitores deste blog, extraí explicações claras do cientista político Eduardo Graeff, em seu artigo "Lula e seus militantes amestrados", publicado na seção Tendências e Debates do jornal "Folha de São Paulo" (17 de setembro de 2007):

"Melhor ainda juntar o proveito político do reflexo condicionado antiprivatização com o proveito econômico da Vale privatizada.

"Recorde de investimento: US$ 44,6 bilhões nos últimos seis anos contra US$ 24 bilhões nos 54 anos anteriores. Recorde de produção: 300 milhões de toneladas de minério neste ano contra média anual de 35 milhões da Vale estatal. Recorde de emprego: 56 mil empregos diretos hoje contra 11 mil há dez anos. Recorde de exportações: quase US$ 10 bilhões em 2006 contra US$ 3 bilhões em 1997, garantindo mais de um quarto do saldo da balança comercial "deste país".

"A Vale não é exceção. Da Embraer à telefonia, passando pela siderurgia e petroquímica, o desempenho de quase todas as empresas privatizadas é uma história de sucesso em benefício de seus compradores e empregados e do país.

"A isso o estatista contrapõe números que são, eles sim, fraude grosseira: a comparação dos US$ 3 bilhões pelos quais a União vendeu 42% de suas ações ordinárias da Vale em 1997 com os US$ 50 bilhões que a Vale inteira valeria hoje, depois de toda a expansão possibilitada pela privatização.

"E quem foram os beneficiários desse "ato de lesa-pátria" ? A quem pertence a Vale privatizada ? Aos funcionários e aposentados do Banco do Brasil, principalmente, por intermédio de seu fundo de pensão. Com o BNDES, eles detêm dois terços do capital da Vale. O restante se distribui entre o Bradesco, a "trading" japonesa Mitsui e mais de 500 mil brasileiros que aplicaram parte do FGTS em ações da companhia.

"O padrão de gestão da Vale é privado. A propriedade, como se vê, nem tanto. Depois de privatizada, a empresa recolheu aos cofres da União, em impostos e dividendos, algumas vezes mais do que fez ao longo de toda a sua existência como estatal".

Uma preciosa contribuição de Eduardo Graeff para destravar a comunicação tucana e os elementos naturais de sua valorização. 

Compartilhe

10 comentários em “Vale mais Brasil!”

  1. Raul, aqui em Santo André (ninho petista-lulista) os debates são duros e fortes sobre esse tema.
    Em especial na Câmara Municipal a tribuna tem sido usada pela Bancada petista para acusar a administração FHC frequentemente, mas a bancada tucana tem sido igualmente dura e forte na defesa!
    A bancada tem se valido dos mesmos argumentos contidos nesse artigo, talvez não com a mesma riqueza que você… Por isso peço licença para usar este seu documento e repassa-lo aos Tucanos da RESISTENCIA!
    Um grande abraço,
    Daniel Scardua

  2. olavo dáda

    bom, querido raul,

    01) quanto as quatões finaceiro-numéricas, nem vou entrar no mérito, pois os dados estão aí pra mostrar o desastre que foi a tal da “privataria” -como bem dizem Elio Gaspari, o Dr. Werneck e tantos outros (ambos os primeiros, pelo que sei, não são lulo-petistas -dá-lhe Clóvis Rossi!);

    02) o ponto mais importante das não foi colocado acima: empresa com problema a gente entrega pro “inimigo” ou saneia (interrogação). E, se entrega, ainda financia a venda com o nosso dinheiro (onterrogação);

    03) a vale foi doada as custas do povo brasileiro com as velhas justificativas ordenadas pelo Consenso de Washington e chás Tatcherianos, e não resolveu nada. Au contraire, mon ami, a dívida interna foi de 60 pra 600 e não houve distribuição de renda.

    Hoje, e que se leia a Folha de S. Paulo (ao que em consta também não é lulo-petista, muito pelo contrário…) de ontem mesmo, dia 19 de setembro, sem DOAR NADA DO PATRIMÔNIO DO POVO temos O MENOR índice de pobreza dos ÚLTIMOS 20 ANOS (sópra ficar nesses dado);

    04) olha vou encerrando, pois tenho que ir passar o abaixo-assinado, ahahahaha.
    Sei que pedir humildade a determinados setores iluminados do tucanismo (assim como a alguns setores petistas) é difícil, mas por favor, caiam na real. Admitam. Além dessa entrega da Vale, nem vamos falar dos bilhões do Proer, do Sivam etc. -perto disso, mensalão é dindim de pinga.

    E por falar em mensalão: me pergunto se a mídia e o PSDB vão criar todo o furor “cívico” agora no caso Azeredo (pres. do PSDB), comprovadamente peça da invenção do mensalão e do esquema Marcovaleriano em 1998 (onda tucana). Ou ele pode não saber de nada (interrogação).

    Outra pergunta: o que vocês pretendem fazer com a Petrobras (interogação). Mas essa vai demorar, pois vai ficar pra além 2010 -até lá a PB tá salva de doação.

    Final: as estatísticas da votação do blog não sevem como parâmetro, poxa, pois eu e o Betão deveremos ser os únicos não-tucanos por aqui.

    No mais, beijo! e vamos parar com esse negócio de “sanha”, de “lulo-petismo”… ô linguagem belicista.

    Até parece que no governo FHC nenhum cargo foi preenchido por quadros e pela “sanha tucano-fhcezista” e seus aliados.

    Ficou tudo nas mãos de quem perdeu a eleição.

    Cómon, Raul… Vamos em frente que precisamos otimizar e dar continuidade a tudo de espetacular que vem sendo feito nesse país.

    Contamos com você e todas as pessoas de bem. Ladrão é na cadeia: inclusive OS DA NOSSA CAIXA e os das 33 CPIs BLOQUEADAS aqui no nosso Estado.

    + bjs, saúde & paz

    olavo dáda

  3. Raul Christiano

    Resposta ao Daniel Scárdua:

    Grato pelos seus comentários e o texto está Ã sua disposição para as suas “guerrilhas”. O debate de idéias é fundamental para mostrar diferenças. Abandonamos isso e pagamos um preço caro, até porque há aqueles que se apropriam de ações sem o menor constrangimento.

    Resposta ao Olavo Dáda:

    Pois é Olavo, este blog é plural e não restringe as opiniões contrárias. Há muitos não tucanos além de vc e do Betão que também são assíduos leitores. Sou grato por isso. Quanto ao elenco de dúvidas e questionamentos levantados por vc, saiba que defendo a apuração e a punição dos culpados, se houver. Essa posição minha não é secreta, este canal, por exemplo, é prova que estou na vida para o debate. Privatização boa para os lulo-petistas deve ser a da telefonia em Ribeirão Preto, não é verdade? Bom para o governo é a preservação do aliado Renan, com abstenção de votos sem vergonha. Especialidade do governo Lula é a apropriação da estabilidade econômica e da rede de proteção social – Bolsa-Escola – como coisas “nunca antes vistas na história deste país”. Sem falar no apagão aéreo e educacional. Cadê o enfrentamento e a vitória no desafio de melhorar a educação básica? Enfim… Olavo, “mensalão” para lulo-petista é “dinheiro de pinga”. O resto, Olavo, Lula não sabia.

  4. Ricardo Muza

    Raul,

    Se a sua filha estuda em escola pública, você deveria processar o professor e a direção da mesma, por permitirem uso de espaço público para fins partidários.
    Se a escola for privada, você deveria divulgar o nome para que os demais pais escolham se querem seus filhos estudando sob tal “pedagogia”
    Abs
    Ricardo

  5. Amigo Raul, tudo bem?

    Gostei muito das informações que você nos fornece sobre a Vale.
    É muita desfaçatez destes petistas continuar com essa campanha para demonizar a privatização. Afinal,as tais PPPs, o que seriam?
    Como sempre, para eles, basta mudar de nome. Aí, podem sair privatizando tudo,inclusive as estradas que terão o antes tão combatido pedágio!

    Pergunto: se foi tão ruim assim a privatização, porque é que até lula, o ético, tem ações na privatizada Vale do Rio Doce… Porque manteve tais ações se não acredita em privatização?

    É de abismar a competência petista para forjar fatos e inverter situações.. São mestres! Tentaram isso com Francenildo que foi de testemunha à vítima com um estalar de dedos de palloci Nção deu certo mas ei-lo aí… deputado!
    Já reparou o quanto como criam novos conceitos? Tem palavras que, conforme a ocasião, assumem vários significados!

    Andei catando alguns exemplos:

    Para lula e os petistas,

    “Democracia” é aceitar como verdade absoluta tudo o que um petista diz e permitir que membros do governo façam o que bem entenderem, sem freios legais ou morais.

    “Inimigo da democracia” é todo aquele que tem divergência de opinião.

    Lei é tudo o que aquilo que pode ser usado para punir erros de opositores.
    Se alguém ousar sugerir que a Lei se aplique aos erros do governo, é “tentativa de golpe”.

    Fazer caixa dois, não é delito.
    Se for companheiro que faz, é “dinheiro não contabilizado”.

    Companheiro superfaturando e desviando dinheiro público, mesmo quando pego com a boca na botija, não é crime.
    Crime é divulgar isso…

    Comprar votos para aprovar matérias no Congresso, só é corrupção se praticado por quem não é petista.
    Se for petista, chama-se “fazer alianças”.

    “Elite branca ou elite raivosa” é todo e qualquer brasileiro, de qualquer cor de pele, que cansou de ver tanta sujeira no governo petista e que tem a “petulância” de se manifestar.

    “Afro-descendente” é todo aquele que deve sentir raiva da “elite branca”; deve sentir-se injustiçado e se achar inferiorizado a ponto de requerer “os direitos” que a “elite branca e dominadora” retirou deles.
    (a meu ver, para a maioria dos brasileiros, negro é a raça que carregamos no sangue e que não precisa de cotas diferenciais, porque não é inferior.
    A diferença está na qualidade da educação dada aos ricos e aos pobres – de qualquer cor. Simples assim)

    “classe dominante” é aquela que lula ofende nos palanques e que “nunca antisnestipaís” faturou tanto quanto em seu governo. É a mesma que lhe deu gordas cotas para as campanhas eleitorais, cedendo jatinhos e residências para eventuais hospedagem – sua e de sua família – no exterior. É também com essa “execrável” elite que lula, juntamente com seus ministros,convive, provavelmente para sempre xingá-los, entre alegres risadas e um brinde e outro de um caro vinho….

    “Um humilde nordestino” e “legítimo representante dos pobres”, é aquele que se delicia com artigos importados, tem mansão, belos apartamentos, poupança, ações, aposentadorias, salário de presidente e todas as mais absurdas despesas dele e de sua família, pagas pelo contribuinte.
    Elite é quem denuncia tais mordomias e quem paga essas contas, trabalhando.

    Ético é todo aquele que desvia recursos públicos para campanha, tira proveito pessoal e político, frauda notas fiscais, usa laranjas, lava dinheiro, enriquece, desde que petista.
    Não ético” é aquele que descobre e divulga tudo isso.

    Protestar contra os ricos ou a “elite opressora” é dar as mãos à Sarney em comício e sempre manifestar seu desprezo a essa classe soltando baforadas de charuto importado.

    Mídia democrática é a imprensa chapa branca, que recebe verbas do governo para ter um editorial suave e “puxa-saquista”.
    “Ditadura da mídia” é aquela exercida por quem tem mostra a realidade de um governo corrupto.

    “Democratizar a mídia”, é veicular o que for pautado pelo governo.
    Já, toda imprensa com pensamento independente, é, necessariamente, “golpista”.

    IMPORTANTE! Essa “mídia golpista” (especialmente a Folha e a Veja) é a culpada por toda a corrupção do governo Lula.
    Não fosse ela denunciar, a corrupção não existiria!

    “Liberdade de manifestação”: é aquela garantia constitucional que os petistas podiam ter quando atacavam FHC e Collor.
    “manifestação golpista”: é aquele que qualquer brasileiro está fazendo ao demonstrar sua inconformidade com a corrupção no país.

    O governo petista não rouba e não deixa roubar”- chavão mágico que faz com que qualquer crime petista deixe imediatamente de ser crime.

    Escândalo: é um fato novo no governo petista, que faz com que outro, ainda recente, seja esquecido.

    Segurança: é aquilo que Dona Marisa garantiu aos filhos providenciando-lhes cidadania Italiana.
    Essa é a “lógica” e a verdade do ” maravilhoso” governo desses aloprados!

    “Nunca antis nesti país” – Expressão usado por lula para mostrar a grandeza de tudo aquilo que ele quer que achemos que ele fez pelo Brasil.

    É tanto convencimento, tanto auto-elogio, que é até provável que o séquito de puxa-sacos do hipócrita-mor(aquele que nunca vê nada), nos leve a um novo marco de tempo:
    AL e DL = Antes de lula e Depois de lula
    Sim, porque antes de lula o Brasil ainda não tinha sido descoberto…

    Francamente!Só sendo muito ingênuo, desinformado, oportunista ou desonesto (inclusive intelectualmente), para dar ouvidos a essa gente!

    Abs,

    Rosane

    em tempo: A propósito de invasão petista nas escolas, vc já deve ter sabido do teor das “cartilhas” de história que o PT está distribuindo na rede pública para primeiro e segundo graus. Desvirtuam fatos antigos e recentes de maneira absurda! Claro que sempre enfeitando aquilo que o comunismo teve de pior! Não tem como impedirmos isso?

  6. Raul,falando em “manipulação” em sala de aula sugiro a leitura do texto do prof. Ideber Avelar(Blog do Alê) comentando os ataques de Ali Kamel ao “marxismo vulgar” do livro “Nova História Crítica” de Mario Schmidt.Abraços,Betão

  7. Raul,vc viu o quadro do Fantástico ridicularizando a Proclamação da Independência?Nãotem como impedirmos isto?

  8. fafi pontes

    bem, vou botar minha colherzinha torta nesse ‘imbroglio’:
    o pt,saudações, vem de novo colher assinaturas. professores e escolas deixam,aplaudem,apoiam.
    que lindo!!!! ficamos de boca amordaçada nos anos de chumbo e agora vem ‘pregar’sua ideologia(aliás, eu quero uma prá viver, e pelo visto o pt também!) em classes de aula.
    chafurdamos! a se a vale for estatizada podem preparar a revista ‘caras’ para cobrir o baile da ilha fiscal da confusa relação político-partidária-administrativa do governo atual.
    enquanto isso, o avião presidencial é abastecido para mais uma viagem.
    aos militantes do pt e olha que temos muitos amigos filiados,atuantes e ainda peremptóricos!: o litro de leite
    está custando R$1,78!
    mas, vamos continuar cobrindo a miséria com a peneira do bolsa-família.

  9. Luciano Araujo

    Raul você esta me devendo explicações ,mas perguntarei novamente,outra cousa,sabio que ser você ; integrante de academia Brasileira de letras (autarquia?),regulatóriamente falando, o Brasil ser maior que seus colonizadores? quero dizer que não vale a pena, ser institucionalizada uma empresa com o peso da vale ,afinal de contas o que ganhamos com isso, o estado em que nos encontramos nos permite avaliar todas as possibilidades, mesmo que a VALE seje NOSSA ,a petrobrás será, privatizemos os senadores os deputados e os prefeitos por em quanto não aos vereadores pois eles legislarão em favor dos municipios e a vale esta aonde? Seje onde estiver ,teremos asas suficientes para que façamos DIREITO e que lutemos por ÉTICA na politica sejemos PSDB, PT, PDEM, PSC ou até mesmo PCC, cargos e salários não comprometerão nossa carreira ,portanto relaxemos quanto ao bombardeio das informações pertinentes opostas subsidiarias coletivas ,mas tenhamos a certeza de que estaremos fazendo a nossa parte ,pelo menos faço a MINHA, esqueçamos a vale, não vale a pena falar sobre ela, que criem o orgão regulamentador responsavel ,mas acelere ,não tenho tanto tempo para fazer a sua parte, por isso conto com você ,pois a VALE SER MINHA TAMBÉM.LU.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *