Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Bruno Covas se apresenta para a Prefeitura !

Em meio às especulações dos bastidores políticos da Baixada Santista, de uma previsível aliança já no primeiro turno com o prefeito de Santos, João Paulo Papa (PMDB), e a caminho do primeiro ato de conversas internas do PSDB santista, marcado para este sábado, o deputado estadual Bruno Covas colocou o tucano na sala: pré-anunciou a disposição de levar o seu nome para a disputa, como o candidato próprio do PSDB a Prefeitura. Bruno tem todo o direito a esse gesto, mas, interpretando as suas próprias palavras na manhã de hoje, vale refletir que uma candidatura a prefeito não se basta na vontade de uma pessoa, ela precisa ter o condão de unir muitos em torno do que é possível considerar um projeto a partir de agora.

Aliás, Bruno Covas não é o único pré-candidato do PSDB a prefeitura de Santos. Seu colega de bancada, Paulo Alexandre Barbosa e o ex-deputado estadual Edmur Mesquita, atual vice-presidente da Fundação Casa, também haviam manifestado essa mesma disposição para a direção local do partido. Acontece que, ansiosos com os desdobramentos políticos na órbita de Papa, devido ao seu desempenho favorável na administração da cidade e nas primeiras pesquisas de intenção de voto, aliados do prefeito e tucanos de todas as tendências começaram a "conversar" pela imprensa.

Conversas desgastantes e sem nenhuma utilidade. Por isso acho que a reunião da comissão executiva municipal, ampliada pelos vereadores, deputados, ex-deputados e o representante local na direção estadual do PSDB, marcada para o próximo sábado, é fundamental para organizar inclusive os ânimos. Há confirmação de quórum absoluto, mas os leitores deste blog não devem esperar uma decisão do tipo "candidatura própria" ou "composição com o Papa".

Defendi anteriormente (e continuo defedendo) que o PSDB deveria apresentar candidaturas próprias em todos os municípios brasileiros. Entendo que somente com o bloco na rua promovemos o debate direto sobre as idéias tucanas, aglutinamos forças simpáticas ao ideário do partido e fortalecemos a musculatura da militância para falar de modo mais decisivo na hora "h" (segundo turno, por exemplo). Porém, essa decisão final precisa da consideração de todos os cenários e, apesar de Santos figurar entre os municípios mais importantes e prioritários para o PSDB, uma opção estratégica de unidade com o PMDB em 2008, logo no primeiro turno, pode garantir uma opção tucana em 2012, sem falar na consolidação das opções para a Assembléia Legislativa e para a Câmara dos Deputados em 2010.

A oferta do próprio nome, pelo deputado Bruno Covas, é muito positiva para um PSDB que sempre teve candidatos próprios em Santos. Mas, historicamente essa condição nunca ajudou o partido, porque ele sempre foi para a disputa sem convicção e muito desunido. Não tenho dúvidas que Bruno, Paulinho, Edmur ou quem for mais capaz de aglutinar forças tucanas para 2008 na cabeça ou numa vice-prefeitura, fará a diferença, num vôo solo ou com Papa.

Apenas não é possível um partido, como o PSDB, se contentar com a suposição do processo político, antes de discutí-lo com vontade e preparo. É inaceitável ver o PSDB se apequenando em discussões secundárias. Imaginem só, nem discutiu o cenário atual e já se coloca no processo como se lhe coubesse apenas o lugar de vice-protagonista da história? Se esta for a conclusão, que seja com dignidade, sem abrir mão dos seus princípios fundamentais. Ninguém, no começo de um caminho, pode ser candidato a vice, antes de conhecer o plano de vôo. Mudança não se faz com covardia!

Compartilhe

21 comentários em “Bruno Covas se apresenta para a Prefeitura !”

  1. Ricardo Muza

    O Deputado Bruno Covas parece ter tido aulas com o ex-governador Geraldo Alckmin e lido muito pouco sobre Tancredo Neves.

  2. ANDRÉ CAETANO

    A TESE DE CANDIDATURA PRÓPRIA DO PSDB PARA A PRÓXIMA ELEIÇÃO MUNICIPAL EM UMA CIDADE DO PORTE DE SANTOS É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, POIS ATENDE A UMA EXPECTATIVA DOS FILIADOS E DAS EXECUTIVAS – ESTADUAL E NACIONAL DO PARTIDO.
    A CANDIDATURA DO DEPUTADO ESTADUAL BRUNO COVAS, SE CONFIRMADA, REPRESENTARÁ UMA NOVA ALAVANCA PARA O FUTURO DO PARTIDO NO MUNICÍPIO, POIS VIRÁ ACOMPANHADA DE NOVAS ESPERANÇAS E AINDA COM UM NOME DE EXPRESSÃO NACIONAL.
    O PLEITO MUNICIPAL , COM POSSÍVEL 2º TURNO, LEGITIMA, COM DEMOCRACIA, A POSTULAÇÃO DO CANDIDATO PRÓPRIO, JÁ QUE O ATUAL PREFEITO É DE OUTRA LEGENDA.

  3. Edgar Boturão

    Alô Raul,forte abraço. A pré candidatura do Bruno Covas certamente não unirá os tucanos. Mas e daí? Pelo menos pode colocar um pouco de tempero nessa lenga lenga que virou a política de Santos. Um abraço também ao Ricardo Muza, grande figura. Fui.

  4. Danilo Roberto Silva

    Fala grande Raul!!! saudações desse iniciante na arte da politica.
    Acredito que o PSDB é um partido forte na região, e para crescer ainda mais precisa lançar candidatos próprios. É claro que devem ser nomes fortes para terem condições de concorrer realmente. Mas não custa nada apostar nessa renovação.
    Contudo acredito que se deva reforçar as bases aliadas.
    Um grande abraço

  5. Cláudio Alves de Amorim

    Grande Raul!!! Um dia o PSDB terá que brilhar nesta cidade, “nada histórica” para o partido.

    Forte abraço.

  6. “Toma para ti esta coroa antes que algum aventureiro o faça” Tem “raulgum” tucano ouvindo isso todo dia, e acha que não é com ele…Daí ficaremos mortos, mas pelo menos dentro de covas rasas…

  7. Luciano Araujo

    Raul,nosso projeto não deve focar uma candidatura por candidatura,nosso trabalho ,que tanto conversamos neste diretório(Cubação),deve continuar sendo o de nossos projetos para os municipios ,principalmente os que temos os governadores.Nosso estreitamento entre municipio e Estado ser eficiente ,e em constante aprimoramento,através das perspectivas futuras como a “possível” sucessão, nossos candidatos a prefeitura e vereança sabem que o PSDB esta de portas abertas quando se trata de um rpojeto elaborado por um tucano e ratificado pelo partido e seu conselho, mas entrarmos em uma disputa pelo simples fato da disputa possa não nos acrescentar nada como fortalecimento partidario ,nada que seje seguido por outros municipios deva conter ruidos,por isso deixo claro a importancia da implementação do avanço de gestão caso a caso como plataforma de campanha.Santos pode até manter-se Papa ,ainda que em um confronto de segundo turno com PSDB ,não que este caminho seje o mais indicado ,mas nossa campanha será de gestão compartilhada visando o desenvolvimeto independente do exito eleitoral partamos acima de tudo para um exito democratico ,com um avanço político ,cooperemos com os vitoriosos no tocante aos nosso projetos desenvolvimentista e de aprimoramento,mas tambem saibamos o momento de aceitar suas colaborações nos quesitos que melhores se mostrarem,mesmo que nós sejemos os eleitos, este ser o PSDB ,um partido político voltado ao desenvolvimento ,coordenemos nossa metodologia política na conversão de apoio e união nacional. Que sabado seje um dia iluminado em nosso ninho. LU.

  8. Luigi Di Vaio

    Caro Raul, a declaração do Bruno foi um prato cheio para quem escreve sobre política.
    Que venham outros pratos! Colunistas estão famintos!
    Abraços!
    Luigi

  9. LEANDRO FIGUEIREDO

    Caro Raul antes de mais nada gostaria de parabeniza-lo pela constante frequencia e qualidade das notas e matérias que são escritas e publicadas diariamente em seu blog, onde já quanto a questão das eleições Municipais 2008 de Santos, particularmente sou favoravél primeiramente a discução com vontade e preparo sobre o processo político na região dentro de seu cenário atual e perspectivas futuras(conhecer o plano de vôo), para que posteriormente o PSDB se colocaque no processo na condição de vice, apoiando a reeleição do Prefeito Papa, entretanto não abrir mão dos seus princípios fundamentais sociais democraticos e almejando como fruto desta composição a obtenção de Secretarias representativas, como as da Educação e Assuntos Portuários por exemplo, sendo esta última estratégica se formos pensar nas ações e projetos do Governo do Estado, dai a importância a meu ver, do nome do vice-prefeito indicado pelo PSDB de Santos ter uma boa relação e consequentemente a confiança do Governador do Estado de São Paulo, e porque não ter como um diferencial perante aos demais nomes cojitados, Ã indicação do respectivo Governador, fato que sobre a minha óptica tornaria o processo de escolha do nome mais harmonioso e menos atritante.

  10. Lendo os comentários percebo que não se trata da vontade de uma pessoa. Apesar de não ser unanimidade tem grande repercussão. Me junto aos apoiadores de Bruno Covas.
    Avante PSDB!

  11. Evandro Losacco

    Caro Raul,

    Boa notícia essa, o PSDB de Santos precisa ter candidato próprio pelos seguintes motivos :

    – Partido só cresce quando disputa eleições;
    – Santos é uma cidade estratégica para o PSDB, com candidato próprio a marca tucana e o 45 continua vivos;
    – Agora temos a tal fidelidade partidária (aprovada pelo STF), prefeito eleito não pode mudar de Partido e se for expulso perde o mandato. Será que o Quécia vai deixar o Papa apoiar o PSDB em 2010 ?
    – Santos tem 2 Turnos, se o Papa for para o segundo turno contra outro Partido que não seja o PSDB, nós podemos apoiá-lo em uma negociação transparente e de alto nível, sem corrermos o risco de entregar a cidade aos nossos principais adversários, o PT.

    Abraços

  12. fausto ivan

    Como fundador do PSDB fico triste de ver essa forma personalista de se lançar candidato, jovem e caro Bruno Covas. Seu sobrenome tem a marca de seu avô e voce deve ter herdado seus princípios políticos. Mas, é preciso sempre manter a democracia participativa em sua unidade do Partido, discutir todas as opções DENTRO do Diretório.
    Sabemos o quanto o Raul tem se dedicado desde a fundação do PSDB Ã baixada santista, bem como na última eleição foi para o sacrifício para não nos deixar sem representação em Santos. Você não acha, que além de colocar seu nome em reunião com o Diretório, deveria também ter um diálogo com o Raul? No mínimo por respeito?
    E com outros eventuais candidatos, é diferente? Espero que na reunião que farão vocês consigam colocar ordem em prol da UNIDADE, hoje tão fundamental para o avanço do Partido.

  13. Rubens Castanho

    Com paciência aguardemos a fumaça branca do Conclave…rsss

  14. Valeu Bruno. Outro dia o Raul comentou sobre a oposição ao governo Lula, simplesmente grotesca. Na capital paulista estamos entregando a maior cidade do País p/ um ex-secretário de Celso Pita. Aqui como saiu hoje em A Tribuna o Lara, Edmur e o Raul, não vão encarar sua santidade o Papa, lamentável ( medo ). Vejo vc como a única e última esperança tucana aqui na baixada. Ignore o que o seu Muza e os outros internautas (Papistas) escreveram aqui. Vc é um COVAS. Vamos em frente.

  15. Raul, espero que seje apenas uma jogada de markting, do Bruno.
    Primeiro é preciso trabalhar e muito no seu primeiro mandato como Deputado, até em respeito aos eleitores que votaram nele e que não são de Santos, e depois de adquirir mais experiência e com isso conseguir se eleger para um segundo mandato.
    Vamos dar tempo ao tempo. Até porque apressado come crú e muitas das vezes quente.
    Abs.

  16. Caro Raul
    \parabens pelos artigos do seu blog, a cada dia recebe mais simpatizantes.
    Quanto as eleiçoes de Santos com tantos nomes de destaque, Raul Christiano, Bruno Covas, Paulo Barbosa, Koyu Iha, Edmur Mesquita, Rubens Lara e outros, creio que devemos ter um candidato proprio em Santos e discutir as alinças no segundo turno. Participando nas eleiçoes com candidato proprio certamente vai fortalecer o partido.
    Tucanada santista vamos a luta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *