Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Viver a vida com Fred !

Recebi de Renata Covas Lopes, cópia de uma crônica de Sílvio Lancellotti, sobre um jovem sensível ao extremo, militante do otimismo, das melhores práticas da vida – Frederico Marcondes de Carvalho, o Fred, que tive o imenso prazer de conhecer em 2004, quando ao lado do atual deputado estadual Bruno Covas disputei o cargo de prefeito de Santos. Fred estudava jornalismo, dedicava uma parte do seu dia ao atendimento no consultório médico da família e fazia parte do parecido "exército de Brancaleone" que nos acompanhava na campanha santista irradiando otimismo. O texto de Sílvio Lancellotti, publicado na Revista da Folha dia 10 de janeiro, tocou fundo e me fez mergulhar nas origens de uma amizade e companheirismo que tenho orgulho de comemorar cinco anos.

Na comunidade criada no Orkut – http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=1828113 – "Frederico – O Jornalista" registrei em 14 de abril de 2005 o momento certo do nosso primeiro contato. Para cumprir pauta do jornal laboratório da Faculdade de Comunicação da Universidade Santa Cecília – Unisanta – Fred falou comigo por telefone para uma entrevista sobre política, educação, o PSDB e o seu ídolo Fernando Henrique Cardoso. Instigante na sua função de repórter, exigindo respostas do tipo que decidem debates eleitorais, pouco tempo depois percebi que fui convincente a tal ponto que consegui sensibilizá-lo para a campanha e dela para conquistar a admiração de tantos outros amigos, colegas de profissão, gente sensível como Sílvio Lancellotti, nesse admirável depoimento:

Um tipo inesquecível

Por Sílvio Lancellotti

Criada em 1922, a revista "Seleções do Reader’s Digest", até hoje publicada em mais de 70 países, ostenta uma rubrica que sempre me fascinou: "O Meu Tipo Inesquecível". Pessoas várias enviam textos a respeito de outras que, de alguma forma, encantaram os seus destinos. Neste começo de 2010 eu utilizo este "Quintal Paulistano" (seção da Revista da Folha) a fim de eleger meu tipo inesquecível no ano que acabou.

Trata-se de Frederico Marcondes de Carvalho, nascido em Santos, em março de 1981, um produtor do "Pontapé Inicial", o programa matinal do qual, eventualmente, participo no canal ESPN Brasil. Filho de um neurologista e de uma enfermeira, por incrível que pareça, Frederico padeceu no parto. O cordão umbilical se enrolou no seu pescoço e praticamente o enforcou. Por falta do oxigênio crucial, se tornou um deficiente físico, na sua mobilidade e na sua fala.

Deficiente? Absolutamente, não. À parte o fato de ele torcer para o "Peixe", em que fulgurou um certo Pelé, que Frederico jamais viu jogar ao vivo e em cores. Um absurdo de inteligência e de criatividade, ele aprendeu, nas suas palavras, "a aceitar o fato de ser diferente". Completou, em escolas convencionais, o curso colegial. E se diplomou em jornalismo.

Na faculdade, mesmo com todas as dificuldades de dicção, conduziu um programa de rádio no qual alinhavou entrevistas inesquecíveis com Mário Soares, líder político de Portugal, com o presidente Fernando Henrique Cardoso e com Chico Buarque.

O esforço e o sucesso cativaram José Trajano, diretor da ESPN, que lhe abriu um espaço, em 2004. Apaixonado por música, dono de uma vasta coleção de CDs de todos os estilos, da MPB ao fado, do jazz ao tango, ele é hoje responsável pela trilha sonora que escolta o "Pontapé".

Do chefe, recebe broncas, quando escorrega, como qualquer funcionário da emissora. Invariavelmente, porém, responde com um bom humor cativante.

Emociona testemunhar o seu esforço e a sua competência. E saber que Frederico, atualmente, faz aulas de teclado e de canto. Que Frederico, apesar das dificuldades na fala e na mobilidade, é um jovem feliz. Eu o admiro. Aqui, peço que ele enquadre e dependure este "Quintal" na parede do seu quarto.

Compartilhe

23 comentários em “Viver a vida com Fred !”

  1. …Caro Raul,

    Parabéns por essa homenagem ao Fred, que conheço agora por aqui, e também pela reprodução do depoimento de Silvio Lancellotti, excelente jornalista esportivo e culinário.

    Abração, companheiro!

    David

  2. sergio nicoleti

    As pessoas ditas “deficientes”, seja de que forma for, mas de indiscutível eficiência, também de que forma for, são, no fundo, privilegiadíssimas. No quê?, poderão estar se perguntando. Exatamente porque têm, aparentemente, uma deficiência física que os tornam especiais diante das pessoas convencionalmente chamadas de “inatingíveis”.
    Muitas dessas personalidades, celebridades ou coisa do gênero ao se defrontarem com pessoas especiais, movidas por sentimentos humanísticos ou simplesmente por seguirem as regras do “politicamente correto”, param, ouvem e compreendem seus argumentos. E encantam-se ao descobrirem, em meio à aparente deficiência, uma imensa eficiência.
    Por que não agem da mesma forma diante de pessoas ditas “eficientes”? Só porque elas não foram privilegiadas pela natureza com alguma aparente deficiência? Para estas, não existe espaço na agenda, o endereço eletrônico não está disponível, o celular não existe. Por que?
    Seria isso uma forma de garantir seu lugar no céu, ou uma forma de garantir um lugar na simpatia popular, ou uma real solidariedade, ou uma discriminação social?
    Pessoas especiais são mais especiais que as normais ou as pessoas normais são menos eficientes que as deficientes?
    Com a palavra, as celebridades.

  3. Frederico Marcondes

    Caro Raul, obrigado por suas palavras!

    Sergio, eu passava desta forma, porém eu descobri que se eu ficasse em casa chorando e lamentando minha condição essas pessoas não bateriam a minha porta.

  4. Sergio Martins de Oliveiras

    Raul Fred conseguiu recuperar seu texto jornalistico

  5. Não sou de escrever ou deixar comentarios, mas tive a grata satisfação hj quando abri meu email de verificar a homenagem a este jovem que pude conhecer na campanha do Raul (Prefeito) Bruno (Vic), também fui um dos Brancaleones, mas tinha a maior admiração e respeito pelo Fred, pois mesmo com todas as suas dificuldades ele nos passava vigor, alegria e uma vontade de viver que não via em mais ninguém.
    Bom Fred quero deixar meu abraço e carinho, venha um dia me visitar aqui na Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba e deixe eu mostrar aqui o seu exemplo de vida.

    Parabens Raul, Renata e Sílvio Lancellotti pela esta merecida homenagem.

  6. Lucas Tavares

    O Fred merece cada centímetro desta homenagem. E das oportunidades que vida vem lhe abrindo.Tive a oportunidade de conviver com ele em certa lida profissional e me surpreendi com sua inteligência aguçada.

  7. Edgar Boturão

    Parabéns ao Lancellotti e a vc Raul. O Fred é realmente uma grande figura. É daquelas pessoas que inspiram a vida da gente.

  8. Mauro Haddad

    Amigo Raul, conheci o Fred na mesma época que vc, quando tinha além de participar do seu exercíto, sai tal qual Don Quixote (ou seria Sancho Pança?!?) na minha própria campanha e depois partilhamos momentos na Juventude do partido.
    Agora recentemente encontrei com ele que me falou que estava na produção do “Pontapé”, e tbm o tinha visto na equipe da ESPN do PAN do Rio.

    Muito legal esse reconhecimento.
    abraços

    Mauro

  9. É isso ai Raul, da mesma forma que o Mauro Hadad eu também conheci o Fred, no instante que corria para acompanhar sua campanha a Prefeito, corria para conseguir os votos para a minha campanha a Vereador.
    Esse rapaz nascido com deficiencia, nasceu no mesmo ano do meu filho Gustavo, que se formou também na Santa Cecília, só que não em jornalismo e sim em Publicidade e Propaganda, mas sendo um rapaz aparentemente normal, estudou as duas primeiras séries do ensino fundamental em classe especial, pois tinha o raciocínio lento e não conseguia acompanhar a classe, e que voce Raul, o conheceu no final de 2001, qdo. estávamos nos preparando para a sua candidatura a Deputado Federal de 2002.
    Talvéz, por nâo ser filho de doutor passou despercebido sua capacidade e como sabes que o mesmo tem encontrado bastante dificuldade de encontrar emprêgo.
    E nao estou nem falando de sua área.
    Parabéns ao Fred.
    Sucessso para os Gustavos!!!

  10. Ah,
    E o Gustavo não participou só de uma campanha sua, participou de todas.

  11. Fabiana Marcondes de Carvalho

    Raul … parabéns pela divulgação da reportagem do meu irmão e por sempre acreditar no potencial dele e promover importantes oportunidades. A família agradece. Fabiana

  12. Ana Paula Mackevicius

    É com muito orgulho que li esta matéria feita sobre o Fred.
    Sou advogada, jornalista na cidade de Santos e Frederico é cunhado de meu irmão.
    Fred nao é deficiente, muito pelo contrário. A deficiencie na verdade é nao correr atrás das coisas, é ter diploma na mão e coloca-lo na gaveta para trabalhar em outra ramo é esperar que as coisas caiam nas nossas mãos, sem ir atrás. Fred nao é nada disso!!!
    Ele é como qualquer um de nós, na verdade, acho que ele é muito mais do que nós. Ele nao senta na cadeira e fica esperando a oportunidade bater na sua porta, ele vai atrás. Ele é persistente, ele é um lutador. E isso tudo o faz tão especial.
    Matéria muito mais que merecida.

  13. Wellido Teles

    Que homenagem e que exemplo de profissional e, acima de tudo, de pessoa!

  14. iara oliveira araujo botelho ferreira

    Obrigada Raul pela homenagem a este ser maravilhoso e iluminado que é o Fred. Ele é um vencedor!

  15. Felipe Furtado

    Caro Raul
    Acompanho a alguns anos a trajetoria de Frederico, carinhosamente chamado de “Fred”, ele é um exemplo de vida e perseverança, pois, certas barreiras não o impediram de conquistar o seu sonho, ser jornalista.

    Tamanha a vontade e competencia deste garoto, que vejo um enorme caminho iluminado em sua vida, sendo que nos dias de hoje nos deparamos com jovens saudaveis acabando com suas vidas no alcool e nas drogas, temos muito orgulho de Fred.

    Não admito e não aceito que o classifiquem como deficiente, ele é melhor do que muitos, porque o verbo desistir não faz parte de seu enredo de vida!

    Fred é um vencedor, essa é uma de varias conquistas que este garoto nos proporcionará por sua passagem nesta vida, é um orgulho para todos nós!

    Que DEUS abençoe e ilumine sempre o caminho deste garoto!

    FELIPE FURTADO 21/01/2010

  16. Roberto Airton Mackevicius

    Tucano Raul. Fiquei feliz ler sobre o Fred. O Fred foi uma das “coisas” mais lindas que eu conheci na minha vida.Exemplo de vida e de perseverança. Seu exemplo deveria ser seguido por muita gente que não tem nada que atrapalhe e vive reclamando da vida. Conversar com o Fred é receber energias positivas. Pena que é torcedor do Santos e não do Palmeiras. Parabens Raul e Lancelotti pela belissima lembrança. Bicadas tucanas !

  17. Fabricio Nucci

    Uma vez Fred, sempre Fred!!! São poucas as pessoas que deixam uma marca de felicidade, paixão e otimismo em nossas vidas… Seja pelo futebol, música, amigos ou família… Obrigado Raul por trazer essa grande personalidade a tona.

  18. José Carlos Loureiro da Silva

    Que “bloco” maravilhoso, só gente querida: Iara, Ana Paula, Fabiana, Roberto. E no blog do amigo Raul, correligionário dos tempos da UNID. O “enredo” é o Fred? Ah, então quero participar dessa celebração, para registrar o meu orgulho de contar com o homenageado no meu rol de amigos pelo seu exemplo de vida altamente positivo. Fred, não ligue não para as críticas dos “porcos” e “gambás”: ser “peixe” é somente mais uma das suas inúmeras virtudes e eles sabem disso. A Inez lhe envia um beijo. Saudações santistas. José Carlos.

  19. Thiago Finamore

    Conheci o Fred ainda criança (eu e ele). Sou muito amigo da irmã dele, e desde que o conheci virei fã deste “garoto”. Mas lendo este depoimento de um dos jornalistas que mais tenho respeito, minha admiração que já era enorme pelo Fred só cresceu. Muito bom saber que uma pessoa que vi crescer provou que é hoje um profissional muito respeitado pelos mais respeitados jornalistas.
    Fred, sempre fui seu fã, e agora sou mais ainda. PARABÉNS!!!
    Abração!
    Thiago Finamore.

  20. vilma marcondes

    Raul
    aproveito para falar como mãe do Fred mais uma vez quero te agradecer por ter sido uma das pessoas que abriram as portas para Fred quando o levou para trabalhar em São Paulo, garanto a voce que foi de grande ajuda para seu crescimento.Quero falar também de seu grande ídolo jornalistíco chamado juca Kfouri, pois desde os 17 anos Fred ia a CBN ver seu programa e Jose Trajano que também confiou na força de vontade e na garra do Fred.E a força de comunicação do Fred é tão grande que ele conseguiu ser visto numa cidade de 20 milhões de habitantes por Sívio Lancelloti.Isto é mais um pouco do Fred.

  21. Adorei , seu texto .
    o pouco que ja te conheço ,já me trânsmitiu simpatia
    te tenho no orkut conversamos algumas vezes por msn
    não sei se vai lembrar de mim com carinho nathalia Beijos lindo .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *