Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Época para lembrar e não se repetir !

O texto "Coragem ou mera chantagem", postado no último dia 8 neste blog, sobre alguns assuntos da entrevista do ex-ministro e deputado federal cassado José Dirceu à revista "Piauí", provocou comentários automaticamente publicados e manifestações de leitores diretamente no meu e-mail. Pela dinâmica da manutenção dos blogs e pelo próprio hábito, evito responder e polemizar com os participantes deste fórum democrático de leitura, opinião e reflexão. No entanto, as considerações do leitor Marco Vinícius Ferreira sobre ações promovidas nos porões do D.E.O.P.S. (DOPS), publicadas sem restrições, são brutalmente distantes das minhas convicções políticas, democráticas e história pessoal.

Minha militância histórica em defesa do estado de direito, das liberdades democráticas e de um país mais justo contrapõem à tortura e à apologia do regime instalado em 1964 e prolongado até 1985. Este blog tem a ver com a liberdade de imprensa, a pluralidade do pensamento e é um espaço bem definido para preservação de pontos de vista democráticos, nacionais e de centro-esquerda.

O ex-ministro e ex-deputado José Dirceu está numa trincheira adversária. Discordo da maioria das suas ações, mas já tivemos alguns objetivos comuns ao longo da história pela redemocratização do Brasil. José Dirceu não é meu inimigo. Não sou juiz do seu comportamento e da sua ação no governo Lula!

Compartilhe

4 comentários em “Época para lembrar e não se repetir !”

  1. …Caro Raul,

    Seu comentário está excelente, no ponto sobre a polêmica do seu blog anterior. Defender a tortura não cabe em lugar algum, sob hipótese alguma! Como respondi no outro blog, faço minhas as palvras do Betão sobre Dirceu e Jefferson. Qualquer desvio de conduta deve passar pelo crivo da Justiça, com amplo direito de defesa e de respeito à pessoa, seja ela quem for. Tortura Nunca Mais! Abs.

  2. Prezado Raul:
    O seu posicionamento é sublime; se ele se pervertou para conquistar poder deverá ser responsabilizado criminalmente pelo Poder Judiciário. O Legislativo já fez o julgamento político. E o Povo – vamos respeitar a maioria – fez o seu julgamento demonstrando que o Sr. Presidente nunca dependeu de José Dirceu;talvez seja a sua maior dor. O Sr. Vinicius – acredito – fez um desabafo motivado pela revolta; não por convicção. Todo policial sabe que o PT só apoia a Polícia para afrontar o Governo, ou seja, em vez de ajudar só atrapalham as nossas pretensões. O próprio Dirceu – quando candidato a governador deste Estado – prometia mundos e fundos; isonomia aos Delegados, inclusive. Não iria cumprir jamais. Há pouco tempo passou a defender novamente o Delegado, apenas pelo fato de não querer o Ministério Público – com as suas garantias institucionais – investigando improbidades administrativas e crimes conexos como as mortes dos dois Prefeitos. Por último o fato de ele esconder a identidade até da mulher não merece quaisquer censuras; pois , mais que o risco pessoal, colocaria sob risco a esposa e o filho. E duplo risco: do lado dos militantes armados e milicantes desalmados.

  3. Raul
    Acredito que as pessoas não são corrompidas pelo poder.
    E que políticos se transformem em corruptos.
    Acredito sim ,que exista má índole interior, em parte dessa banda podre que assistimos a cada instante em nosso país.
    Pouco me importa se o Sr. José Dirceu, procurou fazer algo em pról da Nação. No momento em que se desviou para o lado dos corruptos, considerado como sendo o Lider dessa organização criminosa.
    Só me resta uma alternativa : um pré julgamento de culpabilidade do mesmo, provando que com isso, “nunca na hestória desse País”, O Zé Dirceu preocupou-se com o bem estar do povo brasileiro, e sim só e exclusivamente com o Próprio ( José Dirceu)!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *