Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Reverência aos Professores !

O feriado escolar de hoje foi para relembrar que ser professor nunca foi tarefa fácil. Aos professores devemos reverência sempre, mas a questão da Educação, embora ainda preocupe, na cabeça do povo brasileiro é uma preocupação que não figura entre as primeiras, quando necessariamente deveria ser. Isso porque o foco está mais para o emprego, a saúde, renda, segurança etc. Involuntariamente, uma grande parte das famílias transferem a responsabilidade pelo ensino dos seus filhos aos professores, que merecem a nossa gratidão, carinho, amor.

Este blog interage com muitos educadores e também com responsáveis pela formulação e execução de políticas públicas para a Educação. Esse tema só não é mais complexo, porque existe a figura do professor a nos ensinar a compreensão das coisas. Como escreveu Elbert Hubbard (escritor e filósofo norte-americano), "o professor é aquele que faz brotar duas idéias onde antes só havia uma."

Uma pesquisa encomendada ao Ibope pelo movimento Todos Pela Educação mostrou que apenas 1% dos eleitores considera a educação um tema essencial para definir o seu voto e que 68% afirmaram que não conhecem as ações da sua Prefeitura nessa área. Mas, 10 entre 10 cidadãos são capazes de opinar que é necessário valorizar cada vez mais a carreira do professor e a comunidade educativa, no sucesso dos seus alunos para valores, práticas democráticas e avaliação do conhecimento.

Volto a alertar sobre a importância do tema ser reincluído na pauta do governo e do Congresso Nacional. Os desafios são muitos para os governantes municipais atuais e os eleitos, porque é fundamental também saber identificar novos modos de olhar para a riqueza que existe no interior das escolas.

Essas habilidades pertencem aos professores, professoras, educadores em geral, que merecem nossa reverência pela sensibilidade, paixão de ensinar e dedicação às gerações presentes e futuras. Não haverá país nenhum sem vocês: parabéns !

Compartilhe

16 comentários em “Reverência aos Professores !”

  1. Uma das vergonhas politicas deste país, é o baixo salário do professorado da rede publica! Entra governo, sai governo, e nada é feito. São os verdadeiros herós da nação! Pena que sejam, tratados tão sem respeito, por nosos governos! E num é só uma parcela dele, pois num adinata a ascensão de um partido ao poder, ou outro. Todos que la estavam, trataram de tudo, menos de dar dignidade ao Professor Brasileiro. Depois vem politicos, reclamar que o baixo ensino brasileiro, é pessimo, para a visão do pais la fora. Mas me respondam: como podem exigir mais destes heróis? Para poder exigir algo, voce tem que dar condições.Num adianta equipar salas de aula, se o professor, não se sente prestigiado, com seu ganho pelo trabalho prestado! Ate concordo, que estamos num pais de terceiro mundo ( será) mas e dai? Se outros paizes conserquem, porque nossos partidos politicos, não fazem uma especie de pacto, e consequimos tambem, dar dignidade a quem trata de nossos filhos, de nosso futuro, como nação, povo, país! O Brasil ja teve uma otima escola publica. Porque ta nesta bagunça? Culpa de nossos heróis ou de uma raça mais poderosa, chamada Politicos? Parabens ao professorado brasileiro!!!

  2. ANDRÉ CAETANO

    CARO RAUL: a lembrança do “Dia do Professor” sempre nos remete à reverência dos mestres , mas tb. quanto a situação profissional que vivem. Apesar de esforços consideráveis dos últimos governantes, a Educação tem paulatinamente melhorado no país – os próprios indicadores de avaliações externas tem indicado isso, mesmo de forma tímida. O que é preciso, de forma eficiente, é focar o trabalho educacional na melhoria do ensino-aprendizagem, que é o que realmente importa. Para tanto, dois esforços devem fazer pauta sempre das prioridades do(s) governo(s) = melhorar a formação dos docentes e aprimorar uma política salarial com uma recomposição de plano de carreira.Com a dignidade dos professores e sua condição de trabalho aprimorada, tenho certeza que nossa Educação Brasileira em muito vai melhorar. Parabéns aos Professores por tudo aquilo que fizeram, fazem e ainda farão pelas crianças do País!

  3. Dr. Carlão.Biomédico

    Prezado Raul,
    Sua opnião deixa bem claro o papel do Professor, sem duvida nenhuma, fazemos muitas vezes o papel de conselheiro na vida de muitos jovens. Quando lecionava em Universidades, várias vezes fui questionado por alunos em assuntos mais variaveis possiveis.
    Aprendi que PROFESSOR muitas vezes é muito mais do que educador.

    Abraços Sinceros.

    Dr. CArlão.Biomédico

  4. Julio Penin

    Já se passaram 35 anos, desde que pela primeira vez que usei o quadro negro, agora é branco, mas o prazer é o mesmo e cada aula é como se fosse a primeira. Um fato curioso que me chamou atenção é o engajamento que tiveram, mais de 50% dos na época jovens de Ibiúna (1968), tomando o rumo profissional da educação como se buscassem na mesma uma válvula de escape para o seu posicionamento político, encontrando no magistério uma maneira de responder aos anseios de liberdade, ética e uma sociedade socialmente mais justa e perfeita, princípios tão caros a nossa geração. Onde foi que erramos!!!!

  5. Raul, que comprimentar todos os colegas professores que frequentam este blog.
    Parabéns professor.

  6. O Governo não se preocupa com salário dos professores, tenho a certeza disto pois o professor é mal remunerado não tem segurança em sala de aula, não pode chamar atenção de aluno pois corre o risco de ser assinado ou vitíma de agressão. O professor perdeu autoridade e o respeito.
    O Professor da CEis conveniadas SP ganham um valor vergonhoso R$ 600,00 a R$ 750,00 período integral para trabalhar com crianças de 0 a 3 anos de idade. Parabéns professores .

  7. Catarina Furtado

    Olá Raul!
    Muito se fala de educação,na sua maioria ressalta-se as dificuldades, acredito na educação como forma de transformação da sociedade e entendo que estamos em um processo de transição.
    A escola pública de ontem era tido como boa e nós mesmos estudamos em escolas públicas, saudades do Primo Ferreira,mas a escola de ontem não era para todos e sim para uma pequena parcela da população que adaptava-se as exigências daquela forma de educar, hoje a escola é para todos. Todos mesmo desde as pessoas mais desassisitidas socialmente, aos com necessidades cognitivas especiais, aos que estão em liberdade assistida ou privados de liberdade, ou seja a escola de hoje atende as mais variadas questões que a sociedade não quer ver..
    E o… professor traz consigo os valores que construiu em sua história, pois ele mesmo faz parte a tal sociedade, ele mesmo é vítima… Como lidar com as situações que se apresentam diarimente na escola…Como reformular valores, conceitos e pré conceitos tão presos em nós, é este um grande nó. Somos heróis de uma guerra na qual não recebemos armamentos.
    Especificamente os educadores do município de Santos vem lutando pelo estatuto do magistério e pelo plano de carreira, pequenas armas do bom combate. Espero que a bancada do PSDB esteja ao lado desses heróis.
    Agradeço a lembrança desta data que para mim é de suam importância.

  8. Caro Raul,
    Educação ainda não é prioridade neste país. Alguns países asiáticos o fizeram como prioridade e tres décadas depois, colhem os frutos. Um candidato a presidente até que tratou em sua campanha da Educação como prioridade, mas foi uma voz isolada, o que é lamentável. Parabens aos professores, que mesmo em condições adversas, transmitem o conhecimento e o saber. Que os partidos políticos e a sociedade acordem para esta realidade!

  9. Lembro-me que quando lecionei o meu primeiro dia foi de grande nervosismo, até porque dar aula é um sacerdócio, mas é aprender muito mais. O professor não figura tão somente como um educador das ciências, mas é pai, é mãe e também encontra dificuldades quando a turma rejeita o seu mestre. EDUCAÇÃO é imprescindível e o EDUCADOR sem dúvida é fundamental (tem que estar em primeiro lugar).
    Quero lembrar, também, do PROJETO BB EDUCAR, CRIADO NO GOVERNO FHC, MUITO BOM POR SINAL e que hoje o presidente Lula rebatizou de Brasil Alfabetizado, onde trabalhei como voluntário no Sítio Novo e Ilha Bela, aqui em Cubatão. Vamos incentivar os adultos a estudar, foi um prazer muito grande em dar aula para as pessoas idosas, como são interesantes.Com um dia de atraso PARABÉNS PROFESSORES.

  10. Leopoldo Pontes

    Caro Raul

    Muitos anos atrás dei aulas numa escola de primeiro e segundo grau. Pude observar mais de perto a vida dos colegas e percebi que não dedicavam um pouco de seu tempo aos estudos, mas davam aulas pela manhã, à tarde e à noite. Com um cotidiano desses, como termos professores melhor preparados? Há um stress permanente e não há edificação de professores nem de alunos. Tudo passa a ser pela metade.

    Realmente, a Educação é muito mais importante do que acham 99% do eleitorado brasileiro. Vamos conscientizar essa parcela da população, tão afeita as bolsas-família e esmolas quetais.

  11. Olá Raul.
    Não é atôa, que nessas eleições municipais, houve uma enxorrada de professôres candidatos a vereador.
    Já que passa ano ,entra ano, nada de melhor acontece para os professores, a não ser o slogan de heróis.
    Já na política, esse sim é muito prestigiado e reconhecido financeiramente, com seus extraordinários salários e mordomias.
    Parabéns a esses heróis, Professores, que com sacrifícios, conseguem muitas vezes transformar os mais complicados alunos e outros tantos humildes, em cidadãos, preparando-os para encarar o dia a dia de suas vidas.
    Um grande abraço a todos os mestres!

  12. Grande Raul, que muito ajudou a fazer pela Educação no Brasil, quando esteve em Brasilia no Ministério da Educação, secretariando o Prof. Paulo Renato, bem como a Bolsa Escola e/ou, Família no decorrer dos estilos de Governar na convivência com as faixas mais carentes deste País.
    Ao Mestre com Carinho, foi um filme a marcar época na interpretação do Sidney Poitier.
    Saudamos a Baixada que elegeu as professoras Antonieta em Guarujá e a prof. Marcia Rosa em Cubatão, bem como outros candidatos que não
    são estranhos as salas de aula, tais como o Arquiteto Orlandini na Bertioga, o Eng. Papa
    em Santos e o Dr. Tércio em São Vicente, além
    de outras figuras que passaram a dar bem mais
    dignidade as ações políticas do Litoral.
    Um abração, amigo Raul.
    Ivan Alvim

  13. RAul
    O povo brasileiro tem um grande mestre, que contribuiu muito para melhorar as condições econômicas e sociais da população, só quem é ingrato não reconhece, mas também, é uma referência quanto aos valores que um cidadão que quer fugir da mediocridade deve cultivar.
    Pena que em pleno século XXI este mesmo povo esteja regredindo e sendo guiado pelo caminho da decadência.
    Porém, quem sabe reconhecer o mérito de quem alcança o sucesso pela via da inteligência e do trabalho, longe da mentira e da malandragem, sabe valorizar quem realmente merece o nosso apoio e a nossa consideração.
    Por isso, além da minha sincera opinião de que o ex-presidente Fernando Henrique deveria ser indicado para o Prêmio Nobel, eu também sugiro a participação das pessoas de bem numa votação muito interessante.

    A revista Foreign Policy selecionou 50 nomes influentes na Espanha, Portugal e América Latina. Na edição de dezembro, sobrarão 10 nomes.

    Em homenagem aos grandes mestres, vamos colocar o nome de Fernando Henrique entre os dez nomes mais influentes como prêmio e motivo de orgulho ao povo brasileiro.

    http://www.fp-es.org/los-50-intelectuales-mas-influyentes-de-iberoamerica

  14. Já estou votando no Fernando Henrique.
    Perfeito? Ninguém é.
    Santo? Ninguém é.
    Todo ser humano tem direito a cometer pecadinhos.
    Não merece perdão o criminoso que não muda, nem se arrepende.
    Eu tenho aversão e preconceito contra gente mau-caráter, pessoas traiçoeiras, mentirosas, falsas e corruptas.
    Quanto ao Fernando Henrique, suas qualidades superam quaisquer defeitos, que são de ordem pessoal.
    Espero que ninguém vá na onda dos discursos que incentivam o mais destruidor dos pecados, a inveja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *