Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Senador Jarbas Vasconcelos, presente !

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) sempre foi uma figura admirável, mas ele não é o herói da vez. Depois da sua entrevista bombástica para as páginas amarelas da revista "Veja" houve quem se mostrasse surpreso com a sua coragem de avaliar os seus próprios companheiros de partido e de desnudar um pouco mais o jeito de fazer política no Congresso Nacional. Ressalve-se que o senador Jarbas em nada se compara com o último "herói", o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ). A um ano das eleições quase gerais no Brasil, Jarbas verbaliza o quê muitos cidadãos indignados engolem seco. Suas denúncias representam uma travessia entre o basta e a vontade de olhar nos olhos dos seus concidadãos sem nenhum constrangimento.

Mas é natural que surjam dúvidas sobre o comportamento de parcela importante de políticos, principalmente em relação à vergonha na cara. Não é assim o roteiro das conversas de corredor e dos finais de semana, quando entre um copo e outro de cerveja muitos castelos são desmanchados pela decepção ? O senador Jarbas Vasconcelos disse em outras palavras que a corrupção é a melhor amiga dos seus colegas senadores, deputados e ocupantes de cargos ou funções públicas. Generalizou críticas num momento pós-eleitoral para dirigentes das casas parlamentares em Brasília.

Acho que as suas críticas teriam mais consequência, se também apresentassem soluções pontuais que o cidadão comum não consegue imaginar possíveis. Se o descrédito estava instalado no Congresso, que quase não se manifesta sobre alternativas de enfrentamento dos efeitos da crise econômica mundial, o senador Jarbas Vasconcelos contribuiu muito para deixar claro que muito pouco deve se esperar dos atuais deputados e senadores. Imaginem ainda um cidadão vendo e ouvindo o ex-presidente Fernando Collor, agora à noite, eleito para presidir uma das comissões parlamentares mais importantes, a de Infraestrutura em tempos de PAC’s !?

Nos anos de 2005 e 2006 tivemos uma enxurrada de denúncias por causa do esquema do mensalão do governo. A percepção foi quase a mesma para uma parte dos analistas e políticos: certamente haveria uma renovação histórica entre os representantes dos partidos envolvidos no Congresso. Nada aconteceu ou frustrou o eleitorado cidadão, que daqui a pouco será transformado em bode espiatório, recaindo sobre si a responsabilidade pelo voto sem refletir sobre esses acontecimentos e conceitos públicos.

Por fim, registro a minha crença no senador Jarbas Vasconcelos. Não posso esquecer a sua obstinação em resgatar os valores morais e éticos na política. Parece contraditório, mas já vivenciei uma tomada de posição contrária aos rumos do PMDB à época da Assembléia Nacional Constituinte, nos anos de 1987 e 88. Em busca de uma legenda que respondesse claramente sobre a importância desses valores e que se apresentasse como uma alternativa para o país, ajudei a fundar o PSDB.

O fato admirável, apenas para citar um exemplo dos protagonistas da repercussão das falas de Jarbas à imprensa e ao Congresso, é que o senador pernambucano, juntamente com Pedro Simon (PMDB-RS) permaneceram no partido, que é o maior do Brasil, justamente para resgatá-lo e conduzí-lo a um melhor destino. Quem sabe no desenho de uma Reforma Política de verdade, o verbo vire realidade !?

Compartilhe

16 comentários em “Senador Jarbas Vasconcelos, presente !”

  1. Alberto Corrêa dos Santos

    Raul
    Realmente acho que demorou um pouco de tempo, +/- 40 anos, para a indignação do senador Jarbas, mas devemos apoiar qualquer um que se levante contra esta corja de políticos aproveitadores instalados em Brasilia, nos estados e munícipios.
    Discordo de você quando afirma que ele não apresentou soluções pontuais para estes problemas.
    No seu discurso no senado, depois de cassado da Comissão não sei do que, informou que iria entrar com um projeto de lei para que Diretores Financeiros de Empresas públicas fossem designados funcionários de carreira.
    A indicação política no Brasil é um cancer que precisa ser estirpado(cancer porque as vezes ele volta). Somente à nível federal são 24.000 indicações politicas, imagine no resto do Brasil e o que estes incompetentes fazem na Gestão Pública. Uns assaltam os nossos bolsos, outros não tem competência e devem perder mais recursos do que aqueles que nos assaltam desviando recursos.
    Fiz esta exposição a Bruno Covas em uma das reuniões de sua campanha.
    Sei que não é um problema facil de resolver, pois os interesses estão dos dois lados, no setor privado, pela necessidade de ter seus interesses preservados e no político que pretendenm tirar vantagens desta situação.
    Se você se informar, e eu tenho estes dados, a quantidade de indicações políticas em outros paises é muito inferior que as nossas aqui no Brasil.
    Espero que o PSDB amplie o projeto de lei do Senador Jarbas e determine que indicações políticas fiquem a um certo nível seguro e adequado à Gestão Pública.

    Raul, espero ter cooperado.

  2. Mauro Haddad

    não vai mudar absolutamnete nada no mundo político.
    veja o recente caso do investigador que flagrou negociações de cargos na cúpula da polícia e da secretaria de segurança daqui de São Paulo…

    por vezes, e bem rapidinho, lembro do tal patriota de uma campanha aqui de santos: prisão perpétua para políticos corruptos…

  3. Raul,
    A corrupção no Brasil, nos leva a um horizonte desanimador.Entretanto, nomear dirigente de estatais que sejam dos próprios quadros é uma boa medita. A outra seria uma redução drástica em nomeações nos tres poderes. menos nomeações e mais concursados.Também ajudaria o financiamento público das campanhas. A corrupção não está somente no PMDB. Permeia todos os partidos, o sistema político como um todo e na sociedade.Mas, é bom que se diga que nem todo cidadão é corrupto e nem todo político é corrupto. No Brasil, entra Presidente, sai Presidente e infelizmente a corrupção cresce velozmente. Por um lado não há interesse dos governantes em combater corrupção. Na outra ponta cresce pela impunidade.

  4. Eduardo Marinho

    A única ressalva que faço é referente a não retaliação ao apoio recebido de Orestes Quércia.

    Ou Quércia tornou-se também símbolo de luta contra a corrupção ?????

  5. Blá, blá, blá,blá, blá, e tudo acaba em Pizza, enquanto não se inventar outro sistema político, pois esse atual já está mais sujo de que pano de chão.
    Não adianta só denunciar, acusar é fácil, difícil é o Senador Jarbas, devolver tudo que se apossou indevidamente do povo brasileiro.Ou alguém duvida?
    Color de Melo, é só mais um, e os tantos outros?
    Alguém falou do Quercia e se esquecesseram do apoio ao Michel Temer + mais o apoio frustrado do PSDB ao PT, d.+ não?
    É isso que dá, com nosso sistema político, que prá se ganhar uma eleição, é preciso se misturar com gatunos, e com os porcos, e depois quem come o farelo óé sempre o povo!
    Estamos num beco sem saída: se corre o bicho pega se fica o bicho come.
    Para os maus políticos tudo e para o povo nada.
    Só esta faltando os bons políticos, os sérios os honestos,
    temos que acreditar que existem e o povo os encontrarão e votaremos, só que depois de eleitos, devidos os compromissos comas tais alianças, ficam amarrados e o povo novamente ficará a ver navios.
    Em resumo, o brasileiro nada nada e continua sem nada!

  6. Ernesto Donizete da Silva

    CORRUPÇÃO esta é a grande mazela da sociedade brasileira.

    Em outros países, basta ser noticiado um fato desabonador, que sem pensar duas vezes, o político renúncia ou é retirado do cargo/função pelo sistema de leis vigente. Isto sem considerar que irá responder severamente pelo seu ato e em alguns lugares chegam até o suicídio – tamanha é a desonra para si e sua família.

    Em um estudo, o qual já remonta há alguns anos, chegou-se a conclusão que a CORRUPÇÃO instalada no Brasil, custa cerca de 6.500,00 por ano a cada um dos nossos patriotas. Existem pessoas que não recebem isto ao longo de todo um ano trabalhado.

    Em pesquisa publicada na Revista Veja, isto ficou bem demonstrado. A classe dos políticos é aquela na qual a população menos acredita e menos confia. É impressionante a evolução patrimonial da maioria dos políticos, obviamente “lucros” auferidos com “falcatruas”, “maracutaias”, “licitações fraudulentas”, “gastos indevidos de dinheiro público”, etc.

    Na contemporaneidade ser honesto é CRIME, é ser bobo, é ser trouxa. Não acredito que nossa cultura seja capaz de extirpar totalmente este câncer, mas que a situação tem que mudar radicalmente é fato inegável. Caso contrário, veremos os contrastes crescerem cada vez mais e como apontava Carl Marx, vamos continuar a ter duas classes sociais: A dos opressores e a dos oprimidos, e aqui fica a questão: Em qual você acredita estar inserido???

    O nosso povo continua “dormindo em berço esplêndido”. É uma pena!!!

    Acorda Povo Brasileiro!!!

    Ernesto Donizete da Silva
    PSDB/SANTOS

  7. Artur Domingues Pinto Filho

    Por causa do calor tive uma noite agitada e acordei com bichos e fábulas na cabeça.
    Primeiro vieram os gafanhotos, com sua fome devastadora, comendo abertamente toda a riqueza, depois os cupins, discretamente corroendo na surdina. Chegou a hora do balanço ecológico em que as pragas são postas sob controle e todos trabalham de maneira construtiva. E todos ganham com isso!

    Bons e competentes administradores, no governo ou no setor privado, trabalham com eficiência e para o bem comum (no sentido de todos, empresários e trabalhadores, ricos e pobres), não tirando de uns para dar aos outros, mesmo porque, desta maneira, aos outros pouco chega.

    E, para completar, a fábula da cigarra e da formiga, que também frequentou minha noite mal dormida, nos lembra que estamos atravessando a crise ainda um pouquinho melhor porque poupamos na hora certa, embora que por motivos errados de nosso atual governo (que agora se nota pelos gastos exageradamente demagógicos e, neste momento, na hora errada, devido à marolinha que está chegando mais forte ao país do que eles previam… mas que estão tentando disfarçar).

    Entre pesadelos acabei na crise: a obsessão do momento.

    Lembrei-me, então de um artigo de Stephan Kanitz de Outubro de 2008, do qual deixo aqui um pequeno pedacinho para os leitores deste blog, com a permissão de nosso amigo Raul:

    “Toda crise tem sete fases:

    Fase 1. Não há problema na economia, diz a autoridade econômica, é tudo boato.

    Fase 2. Sim, temos um problema mas tudo está sob controle.

    Fase 3. O problema é grave mas medidas corretivas já foram tomadas.

    Fase 4. O problema é muito grave mas as medidas emergenciais surtirão efeito.

    Fase 5. Pânico geral e salve-se quem puder.

    Fase 6. Comissões de inquérito e caça aos culpados.

    Fase 7. Identificação e prisão dos inocentes.

    Os Estados Unidos e a Europa estão na fase 5. Brasil, China e Índia estão na Fase 3. Precisamos nos proteger contra a possibilidade de chegarmos na Fase 5, quando basta um entrevistado na televisão afirmar “que esta crise é igual ou pior que a de 1929”, como vários já falaram, ou escrever no jornal “as conseqüências da crise chegaram definitivamente no Brasil”, como já foi publicado, e gerar pânico por aqui.”

    Pronto. Escrevi, me acalmei e vou deixar os bichos de lado. Obrigado Raul.

  8. RUVIER DONADEL JUNIOR

    Apesar de um pouco tarde este meu comentário em relação ao fato, todos nós sabemos qualquer que seja o partido, não é um colégio de freiras carmelitas.
    Mas, este PMDB tranformou-se em um prostibulo geral e irestrito, o que o Sen. Jarbas falou é o óbvio olulante.
    Infelismente uma minória ,”infima”, de pemedebistas merecem consideração e respeito no qual destaco o proprio Sen. Jarbas e o Sen. Pedro Simon.
    Como dizia o insquecível Ulisses Guimarães, que é maioria faz tudo e se maioria do PMDB é o que há de mais fétido, logo uns gatos pingados do PMDB que tem carater, principios e respeito ao povo Brasileiro nada podem fazer.
    Antes que me esqueça, logo o LULA vai virar office boy ou já é, desta corja de malandros e maus caratér.

    Ruvier

  9. Raul,
    Parabéns pelo texto.
    Embora saibamos que será muito difícil mudar a situação política no Brasil, temos de manter a chama da indignação acesa.

    Mas o problema da corrupção é mais grave ainda do que vemos na política, pois, como já se disse, “político só cisca para dentro; quem cisca para fora é galinha”.

    Na Antiguidade, a corrupção abrangia todos os desvios de comportamento dos cidadãos, da sociedade. A palavra corrupção não era só usada para definir os desvios dos políticos e dos mandantes. O uso da palavra foi apequenado.

    A corrupção que vemos no Congresso, que, apesar de tudo, é o Poder mais transparente da República (vide as nojeiras do Executivo e do Judiciário), é apenas uma amostra dos desvios de um povo sem DNA, um povo macunaímico no pior sentido da expressão.

    Na verdade, a maioria dos brasileiros quer ser político para poder roubar, enriquecer. É por isso que os deputados do Mensalão foram reeleitos. É por isso que Lula foi reeleito. É por isso que não tivemos um novo impeachment.

    Este nosso povo – salvo raras exceções – quer mesmo é moleza, sombra e água fresca. Trata-se de um povo sem moral, sem ideais, sem passado decente. A democracia, infelizmente, só serviu para colocar golpistas (esquerdistas e outros grupelhos antidemocráticos), além de corruptos, no Poder.

    Mas essa minha visão não significa que o Brasil não tem saída. Pelo contrário. Além dos aeroportos (a saída mais fácil), essa situação só coloca sobre os ombros da nossa elite – não a elite econômico-financeira, mas a intelectual, orgânica e patriota – mais responsabilidades.

    Se não podemos – ainda – remover esses canalhas do poder, pelo menos vamos atrapalhar a vida deles. É o mínimo que também podemos fazer pela nossa saúde. Haja câncer pior do que o medo.
    Abs
    Célio Franco

  10. Artur Domingues Pinto Filho

    Ontem fui à missa de um ano da morte do nosso companheiro Lara. Parece incrível, mas já faz um ano que ele se foi, deixando só bons exemplos desta obstinação, que você reconhece em Jarbas Vasconcelos, de resgatar os valores morais e éticos na política… E o fazia naturalmente, como devia ser com todos, sempre trabalhando, sem parar um minuto, para o bem comum.

  11. queremos que os senhores perguntase ao presidente lula, a promesa que ele fes com os 3s qesa da aeronautica. esta havendo uma quebra de heraquia e injustiça com os qesa de ficar como 3s até morrer, com mais de 30 anos de serviço na mesma graduaçãoqueremos promoção a suboficial, esqueceremos e abriremos mãos dos vencimentos atrazados desde 1983 quando promoverom as mulheres, que era cabo hoje são suboficial. TODO OS QESA DO BRASIL QUEREMOS JUSTIÇA. NOS MULHERES DESTE SOFREDORES PEDIMOS EM NOME DE DEUS QUE O SENADO E SENADORES EM PESO PEDISSE AO PRESIDENTE LULA A PROMOÇÃO DOS SOFREDORES QESA DESDE A DITADURA MILITAR 1983 QUE ESTÃO BRIGANDO NA JUSTIÇA PELOS SEUS DIREITOS UM ABRAÇO DE UMA DAS ESPOSA DESESPERADA E PROCULPADA PELOS INFELIZ QESA. QUEREMOS QUE OS SENORES E SENHORA FALASE TODO DIA NO SENADO A RESPEITO DOS 3SGT QESA, O PRESIDENTE JUNTO COM O MINISTRO DA DEFESA PODE PROMOVER OS QESA COMO FIZEROM COM AS MULHERES QUE DORMIROM COMO CABO E ACORDAROM COMO SARGENTO E HOJE ELAS SÃO SUBOFICIAL, ISTO É DISCRIMINAÇÃO, EM QUANTO OS TAIFEIRO COM 14 ANOS DE SERVIÇO SÃO PROVIDO ATÉ SUBOFICIAL, EM QUANTO OS QESA COM 27 ANOS DE SERVIÇO, FIZEROM O CURSO JUNTO E MAIS ANTIGO EM TUDO FICA COMO 3S ATÉ MORER. ISTO É QUEBRA DE HERARQUIA E INJUSTIÇA, O SR. PRESIDENTE PODE MUDAR ISTO. COMO É QUE O CIDADÃO BRASILEIRO SERVE APATRIA E PERMANECE NA MESMA GRADUAÇÃO COM MAIS DE 20 ANOS DE SERVIÇO E A NOSSA CONSTITUIÇÃO ONDE ESTÁ. O CIDADÃO BRASILEIRO NAO PODE FICAR NA MESMA GRADUAÇÃO MAIS QUE 10 ANOS. QUEREMOS QUE O SENADO TOMASE A PROVIDENCIA EM RELAÇÃO AOS QESA EM TODO O BRASIL. VCS TEM MEDO DE FALAR SOBRE ESTE ASSUNTO O NÃO QUEREM, EU PEÇO EM NOME DE TODAS AS MULHERES ESPOSA QUE FAÇA AGENTILEZA DE TOCAR NO CORAÇÃO DESTE HOMEM QUE SE CHAMA PRESIDENTE LULA. MEU MUITO OBRIGADA. ABRAÇO

  12. “A MEU VER DILMA NÃO EXISTE, ELA É UMA BUNECA DE LABORATORIO, ELA É MUITO QUIMICA, NÃO TEM NADA COM O POVO, E MAIS MENTE PRA CARALHO”

  13. JOSÉ GOMES DE OLIVEIRA

    DEPUTADO RAUL,
    É PRECISO DENUNCIAR QUE OS MINISTÉRIOS DO GOVERNO LULA NÃO ESTÃO TRANSFERINDO RECURSOS CONTRATADOS COM OS MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS PARA OBRAS DE INFRAESTRUTURA, PRINCIPALMENTE O MINISTÉRIO DAS CIDADES E DO TURISMO, ATRAVÉS DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. .POR EXEMPLO: EM CARPINA TEM CONVENIO DO MTUR NO VALOR DE R$ 2.925.000,00 PARA ASFALTAR RUAS DA CIDADE. A EMPRESA LIDERMAC CONSTRUTORA JÁ EXECUTOU MAIS DE 90% DA OBRA E NADA DE DINHEIRO. TEM MEDIÇÃO DE MARÇO ATESTADA PELA CAIXA. A CAIXA (REDUR / CARUARU) DIZ QUE JÁ SOLICITOU OS RECURSOS AO MTUR (CONFIRMADO INTERNET), E NADA DE DINHEIRO. PARARAM A TRANSPOSIÇÃO DO SÃO FRANCISCO E ESTÃO DEIXANDO DIVERSOS MUNICÍPIOS PERNAMBUCANOS EM DIFICUKLDADE PERANTE ÀS CONSTRUTORAS. PEÇA INFORMAÇÕES À GERENCIA DA CAIXA – REPRESENTAÇÃO DE DESENVOLVIMENRO URBANO – REDUR, EM CARUARU, AO DR. BENTO NO FONE: 81 37278400, DE QUANTOS MILHÕES EM OBRAS JÁ REALIZADAS AINDA NÃO FORAM PAGAS. FAVOR PASSAR ESTA INFORMAÇÃO AO COMANDO DE CAMPANHA DO DR. JARBAS. TEMOS QUE MOSTRAR AS MENTIRAS DESTE GOVERNO MIDIÁTICO.

    ABRAÇOS E SUCESSO NA CAMPANHA. CONTE COM O MEU VOTO

    JOSÉ GOMES DE OLIVEIRA
    OLINDA – PE

  14. emerson jose do carmo

    ola jarbas por tudo que vc ja fez por pernambuco meu voto e seu e tento arrumar mais voto pra o senhor mais a militancia do senhor esta tao devagar sou de recife mais esta semana fui no agreste passando ali por vitoria gravata bezerro caruaru camposim de sao feix barra de guabiraba bonito eu nao vi sua militancia trabalhando mais vi o do outro candidato entao vamos briga mais forte com esse cara ele nao pode ser o tau porque ele nao fez a metade do que o senhor fez por pernambuco porque pegar o parco andando e muito facil eu quero ver ele fazer o barco e arasta para colocar no mar ai ele vai com quantos pau se faz uma canoa meu voto e da minha familia e seu e dos seus senadores eu admiro muito o senhor um forte abraço evamos lutar por essa virada.!!!!!!!!

  15. Boa noite Senador, o senhor deve lembrar de mim, preste atenção no que estar acontecendo no recife com respeito a segurança do estado, ficou de mau a pior, o governo atual não tem zelo pela segurança e tambem pela saude, e educação são três direito do cidadão, a PM vem fazendo a operação padrão a bandidagem estar a solta, o educação muito fraca e a saude nem se fala, cadê a oposição a esse governo continuar calada sempre assitindo os acontecimento é preciso acordar e mostrar que oposição existe para expressar o tem de errado nesse governo de transparencia, um forte abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *