Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

O PT mente como sempre !

Nesta semana o PT exercitou um velho hábito durante os comerciais políticos no horário nobre das programações de rádio e TV. Mentiu sem vergonha que o governo Lula investirá R$ 100 bilhões no Estado de São Paulo até 2010.  Sua retrospectiva revela uma intenção permanente de "trabalhar o imaginário da população", como justificou um conhecido marqueteiro (João Santana). Na mentira dessas últimas inserções da sua propaganda política, o PT "omite" que os referidos bilhões de reais totalizam o dinheiro repassado pela União, incluindo despesas de empresas públicas federais e estaduais, empréstimos de bancos federais e investimentos vultosos do Governo do Estado e dos próprios municípios.

Isso faz lembrar que o PT, nos seus 30 anos de existência, dos quais 22 na oposição aos governos federais, mente bastante. Nunca na história deste país na oposição ou para tentar se manter na situação houve um partido mais mentiroso que o PT. O escritor Mark Twain costumava dizer que há três espécies de mentiras: as mentiras, as mentiras sagradas e as estatísticas. Pesquisando fatos históricos correlacionados com o comportamento petista, diante das adversidades e enfrentamentos políticos, é possível observar que o PT, de tão acostumado com a mentira, não só acredita nas suas mentiras, como passa a mentir para si mesmo, com uma criativa profusão de argumentos para todas as ocasiões.

Alguém já esqueceu as mentiras elaboradas durante o segundo turno das eleições presidenciais de 2006, quando o PT tentou e conseguiu colar no PSDB a falsa imagem de que o partido privatizaria a Petrobrás e o Banco do Brasil ? E dos números apresentados durante os programas eleitorais da então candidata Marta Suplicy na disputa da prefeitura de São Paulo ? O quê dizer dos discursos do presidente Lula quando sugerem dúvidas quanto à continuidade dos programas sociais como o Bolsa Família e de iniciativas que iludem a população como Minha Casa, Minha Vida ?

O PT não tem escrúpulos em massificar as informações na versão e no formato que mais interessam aos seus objetivos políticos. O PT, como escreveu Reynaldo Azevedo, transforma a burla "num método, numa visão de mundo, numa escolha, numa, enfim, teoria política".

A percepção dos resultados desse trabalho maquiavélico foi assinalada em pesquisa analisada pela cientista social Lourdes Sola, que constatou a capacidade dos governos petistas se apoderarem de realizações como a estabilização da economia (Plano Real), programa de aceleração do crescimento (Avança Brasil), fundo de desenvolvimento da educação e valorização do magistério – Fundeb (FUNDEF) e a rede de proteção social Bolsa Família (que unificou Bolsa Escola, Bolsa Alimentação, Vale Gás e Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI).

Mentira é isso, como foi repetida agora na tentativa de se apropriar das obras do Metrô paulistano, realizadas com recursos que vêm do tesouro do governo do Estado e de empréstimo contraído do BNDES, que será pago por São Paulo nos próximos 15 anos. Mentira também é o PT dizer que o Rodoanel é uma obra do PAC federal, prevendo investimentos de R$ 3,6 bilhões, ao omitir que o governo federal entra com R$ 1,2 bilhão e o governo do Estado é responsável pela maior parte, R$ 2,4 bilhões.

Enfim, seguindo ainda a reflexão de Mark Twain, nas espécies da mentira, vale dizer que a candidata do PT, ministra Dilma Roussef, tem afirmado que haverá comparações estatísticas entre os governos FHC e Lula em 2010. Ora, pois, Dilma sabe que nesse terreno o PT tem notória especialização, já que estatística pode ser considerada a arte de nunca ter que dizer que você está errado.

Em novembro e 2006, João Santana, marqueteiro que cuidou da campanha para a reeleição de Lula, desnudou o gen petista e pode ser considerada uma excelente oportunidade para refletir como essa turma manipula as informações e usa a imprensa como ferramenta para seus objetivos eleitorais. Ele desconversou quando o repórter da Folha de São Paulo perguntou se houve "certa desonestidade intelectual" dos lulopetistas ou a criação de uma "mentirobrás", como expressou Geraldo Alckmin naquela ocasião:

"Não é bem assim. O presidente não foi reeleito por causa da polêmica sobre privatização. O fato é que o adversário teve a chance de responder, mas não o fez. Tivesse ele uma resposta pronta, objetiva, o impacto teria sido reduzido. Alckmin poderia mostrar objetivamente o uso de telefones, de computadores, de internet."

Concluo estas reflexões citando o livro "A Mentira Sagrada", escrito há milênios, por criaturas primitivas, que inventaram histórias para explicar os fenômenos da natureza que não conseguiam explicar. Por serem primitivos e ignorantes, todos acreditaram na mentira e a passaram adiante através dos séculos. Atualmente, mesmo com a ciência explicando muitos dos fenômenos inexplicáveis, o povo continua acreditando naquelas histórias.

Compartilhe

21 comentários em “O PT mente como sempre !”

  1. É assim o governo LULA. Feito de mentiras. Só ver o caso do MST. Ele vem a imprensa e condena as barbaridades recorrentes cometidas pelos vândalos e bandidos do MST: “Todo mundo sabe que sou defensor das lutas sociais. Agora, entre uma manifestação reinvindicando alguma coisa e aquela cena de vandalismo na televisão, obviamente que não posso concordar com aquilo”. Enquanto isso, e simultaneamente, mais e mais recursos – NOSSOS RECURSOS – o governo continua concedendo a diferentes entidades ligadas ao MST. Investe nos atos criminosos, de forma dissimulada e reservada, e assopra, publicamente, fingindo indignação.

  2. A coisa esta assim mesmo ou nos mudamos, ou tudo continua a favor de poucos, contra muitos

    Por sugestão da comunidade escrevi isso que combina com a eficácia da matéria, para compor um movimento nacional a nível internacional pela liberdade total do maior veiculo de comunicação dos povos no mundo a internet

    Muito fácil querer se tornar poderoso

    A matéria no rodapé

    A intenção disso, esta bem clara em querer tirar o poder que a internet tem, nem isso será tirar, o poder, pelo contrario, muita gente com poder, vai ter que voltar a trabalhar como todo brasileiro trabalha duro principalmente

    Os estudantes para ser alguém na vida ainda não têm todo suporte necessário a disposição, nem os professores que ainda vão ter porque isso e preciso

    De olho aberto, porque querem mostrar competência aonde não tem isso e mais que uma idéia de jericos

    Olha a frase, ela tem o efeito de herdeiros dando o tom, como se a população não existisse

    Projeto obriga cadastro de usuários de lan houses

    Porque as lojas de acesso estão desaparecendo na medida em que as residências estão montando redes em casa nos prédios nas empresas, mais a vinda das novas tecnologias

    Como querer controlar isso, que vai virar um bicho

    A internet vai fazer o papel de mocinho no lugar dos vilões

    Único meio de ter o controle de todos os acessos independente de quem for acessar, e o cadastro de acesso mundial, fora disso e piada
    Porque um cadastro mundial

    Ele tem a finalidade de educar, para evitar o que acontece no presente em muitas lojas de acesso nas residências nos prédios nas empresas e nos departamento públicos e privados, ficam acessando tudo

    O problema que no acessando tudo, tem toda criança e juventude que não decide nada, alem de nos que somos as malas mais cegas que os próprios cegos, uma cegueira total querendo tampar o barraco e o buraco com a peneira

    Com o cadastro mundial que pode começar com o cadastro a nível nacional de cada país ai sim, iria produzir tudo aquilo que esperamos e o anseio junto com o desejo da população

    E não meia dúzia de gato pingado achando que devem decidir tudo numa panela sem a sociedade participar através dos grupos de discussões de todos os setores

    Principal a internet, que chegou para consertar num caminho sem voltar para por todos no caminho do progresso, e preciso cobrar de todos que se prontificaram a ser um defensor da solução

    A um consenso em relação ao acesso a nível mundial que poderá entrar em sintonia em todo universo do planeta terra, afinal nem um ser humano e diferente em qualquer lugar do mundo

    Ate o processo educacional e próximo e semelhante, com os mesmos sintomas em qualquer lugar desse planeta terra

    Fazer uma coisa que não tampa nem um dos buracos existentes para querer mostrar competência aonde não tem, querer ficar tirando a liberdade dos que tem para não ter concorrente

    Detalhes do cadastro único certo e eficiente esta na ficção têm nação pelo mundo afora já testando isso para adotar, pelo menos em alguns desses países falam abertamente que essa idéia de brasileiro e bom, escrito por um analfabeto via a ficção visitem Portugal

    Visite a ficção
    http://www.ficcaoglobalizada2015br.blogspot.com/

    Único meio de preservar o crescimento sadio da juventude e o cadastro mundial que vai liberar os conteúdos por faixa de idade durante o processo de crescimento, ate ter o direito a tudo livre na idade de adulto

    Isso evitaria o acesse das crianças em cassinos eletrônicos, porque isso vai dar a chance de todas as crianças serem criança

    Fora disso e como querer peneirar farinha sem rede

    Esse assunto de cadastramento, esta trazendo uma grande oportunidade para o mercado para ser discutido por todos, que e de suma importância para todos nossos descendentes

    Att: Paulo Ilmar Kasmirski

    Autor das coisas livres da ficção globalizada, como domínio publico para produzir solução para o fim das favelas e a miséria, e disso que todos eleitos devem ter como principal meta, a Educação

    Projeto obriga cadastro de usuários de lan houses

    Essa matéria saiu na mídia, e muito fácil querer se tornar

    Poderoso com uma ferramenta dessas, ignorando a inteligência dos semelhantes

    Não e bom para o futuro dos descendentes de todos nos, querer impor uma solução que não e solução, em vez de deixar todos debater abertamente

    Lan Houses e cibercafés serão obrigados a cadastrar todos os usuários que usarem o serviço de acesso à internet, segundo
    projeto aprovado hoje pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. O projeto ainda precisa passar pelo crivo da Câmara dos Deputados para entrar em vigor.

    Assinada pelo senador Gerson Camata (PMDB-ES), a proposta prevê que os estabelecimentos armazenem informações como nome, número da identidade, e data do acesso por três anos.
    Quem não cumprir a regra pode sofrer sanções que variam de multa (de R$ 10 mil a R$ 100 mil) até perda do alvará de funcionamento.
    Segundo o relator do projeto, senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), a medida será útil para coibir e fiscalizar o acesso à internet por meio destes estabelecimentos para prática de crimes.
    http://br.noticias.yahoo.com/s/14102009/25/manchetes-projeto-obriga-cadastro-usuarios-lan.html

  3. fausto ivan

    Raul, este é um artigo que te identifica, pois que não gostei do último quando v. elogia o lula. Como eu disse outro dia, o PT é o Império da Mentira. E o lula é o outro lado a serviço do esquizofrênico Pt. Essa simbióse só prejudica o País. Veremos o verdadeiro balanço desta era da petezada, daqui alguns poucos anos.Se tivermos competência em 2010, se não, a mentirada vai continuar.

  4. PAULO MATOS

    Raul: Existem fundamentalmente dois tipos de mentiras, aquelas que matam e as que fazem vida. Você escreve que os tucanos nunca pensaram em privatizar a Petrobras e o Banco do Brasil? Por que privatizaram todo o resto? Dá prá desconfiar, não? Ou é ilação precipitada? Há um consenso de que iam privatizar mesmo, é uma questão ideológica do PSDB. Ou não?

    Até setores da direita estão vendo os resultados da maior intervenção do estado, aliás imitada pelo guerreiro Nobel da Paz Obama, mostrando a correção marxista secular. Você sabe que esta é uma questão política, pois de mentiras o inferno e o céu estão cheios.

    Basta realizar o que era mentira e pronto. Qual é o erro de reunir todos os investimentos? Quando é que se fez diferente desde que a Ditadura centralizou os recursos?

    Se isto é esquisofrenia, internem o PSDB. Aliás, não existe mais internação nem eletrochoque, obra do PT. A mediocridade das análises mostra isso. Eles precisam explicar é o por que são pela entrega do petróleo e não por sua agregação ao país, traindo o pai de FHC que ia ficar puto com isso, que é uma mentira sem-vergonha, que quer ser eficaz – pedido de quem não sei. Mas há outras. Achava melhor não falar sob tetos de vidro.

    Paulo Matos

  5. É isso! O PT mente! Lula mente! Dilma mente! Há provas de sobra disso, mas a oposição fica cheia de dedos quando precisa ser contundente.
    Teme a popularidade de lula. Esquecem-se que, se as mentiras não forem desmascaradas, essa popularidade nunca vai cair.
    Se os marqueteiros de lula fazem com que o Brasil ( e até o exterior) acredite que tudo está maravilhoso, porque os marqueteiros da oposição não desmentem isso de forma categórica, mostrando dados e fatos?
    Que eu saiba, a saude é um caos, aumentou o número de pobres que andam pelas esquinas, pedindo ou vendendo quinquilharias para sobreviver, piorou a violência, o desemprego continua alto, as obras emperradas, superfaturadas, mal geridas, mas não é isso que vemos nas propagandas oficiais.
    Faltam argumentos e provas? não! Falta coragem para enfrentar o deus-lula!
    Como é que é, oposição? Quando é que vai botar seus marqueteiros a funcionar, mostrando a verdade? Se não fizerem isso, vale a de lula.

  6. Raul,
    Outro dia comentei que sempre aparece um advogado de plantão, em defesa de qualquer assunto.
    Hoje é a vez do Paulo Matos, que se mostra grande conhecedor de todos os assuntos pautados, masparece que só ele e o PT-Lula é que estão certos.
    Fica difícil ate tentar argumentar, pois quando não é o chico, é o francisco, que aparece em defesa dos pobre e oprimidos, desta feita correm em defesa dos mentirosos do pT, aliás o PT não é uma mentita somente, é muito mais que isso, é uma iluzão.
    Agora o pior disso tudo é que é o único partido no Brasil que sabe fazer oposição, o restante ficam em cima do muro, comom se todos eles (partidos) quisessem pertencer ao símbolo do PSDB.
    Não adianta se desisperar, agora só nos resta esperar!
    2010 chegará e os pardais (pt) sucumbiora.
    Amém!

  7. …Caro Raul,

    Chega a época de eleições e todo mundo começa com a velha tática de agressões político-eleitoreiras. O importante é o povo fiscalizar os governos, seja lá quem esteja no poder. Democracia tem que ser participativa, não representativa, pois esta provoca sempre privilégios a pequenos grupos. Os tucanos privatizaram sem critérios, entre outros erros, o pt tb. cometeu as suas gafes. Enquanto isso, na França, o direitista Sarkozy quer arrumar emprego p/ o filho..
    C’est la vie…

    Abs., David.

  8. Caro Raul
    Todo mundo sabe que o habitat de tucano é o muro.
    Veja o seu caso.
    Muita gente te respeita e admira, por conta disso parece que há aqueles que te pressionam a agir de acordo com a suposta verdade de cada um, assim como há muita gente que também fica em cima do muro esperando pra ver qual o lado mais vantajoso.
    Mas, como você está percebendo, há dois grupos totalmente opostos, antagônicos, sem a mínima possibilidade de que alguém possa ceder ou mudar de opinião.
    Nesse momento, se você quiser se apresentar como candidato, para ser escolhido ou não, vai ter que decidir qual o grupo você quer atender.
    Não é questão de agradar ou fazer tipo, como faz o lula, que só engana enquanto tiver a chave do cofre, porque eu não acredito que exista tanto otário no mundo.
    A questão é de posicionamento, de direção e identificação.
    Esse é o caminho mais honesto e vitorioso, seja qual for o resultado.

  9. Joaquim Cardoso

    Raul,
    Há sete anos vivemos e convivemos com as mentiras do governo Lula sem que haja uma reação firme da oposição. Espero que nos programas gratuitos de TV, todas essas falácias venham à baila sem medo de comparações que venham a ser feitas deste governo, com os programas e projetos do governo do FHC.
    Um abraço, Joaquim Cardoso

  10. Esse tipo de cobrança para que a oposição tenha coragem de desmascarar tanta mentira pode ser constatada nas filas dos hospitais públicos, nas praças onde se encontram muitos aposentados, nas periferias mal assistidas, enfim, onde o povo está.
    Por enquanto a farsa se sustenta somente entre os privilegiados da elite e entre os miseráveis da bolsa-família.

  11. VINICIUS BUGALHO

    Caro Raul . Entre em contato comigo . Estarei na próxima semana na capital . VINICIUS BUGALHO .Orlândia , S. P (0xx) 16 3826 1646 .

  12. Só para completar meu comentário.
    A elite sustenta a farsa do personagem lula porque rico nunca ganhou tanto dinheiro na história do país.
    Quanto aos coitados da bolsa-família, acreditam em qualquer coisa por falta de informação, desespero e medo das ameaças do petistas de acabar com o programa se outro partido vencer a eleição.
    Só resta a classe média para recuperar a dignidade da nação.
    Não é preciso agredir, caluniar, pegar em armas, sequestrar, assaltar, nem assassinar gente humilde e inocente, como fizeram com os militares, vítimas do crime organizado, e com os jovens das Forças Armadas que cumpriam seu dever.
    Se resolvermos reagir, restringir o consumo, boicotar os meios de comunicação, cancelar assinaturas de jornais e revistas até que a imprensa, tão valente no passado, assuma seu compromisso com a verdade, e mais algumas providências, o Brasil pára.
    A minha família já aderiu, estamos hibernando até que o país tenha um comando decente.

  13. Caro amigo Raul,
    Gostei muito da sua análise. Ela foi tão verdadeira e tão profunda que até aliado histórico deste partido de mentiras concordou. Ficou feliz, pois o amigo e companheiro Nivaldo Sant Anna, apesar do comentário lacônico, mostrou que nós estamos certos. Quando nós afirmamos, pode parecer apenas jogo político, mas quando alguém que já foi aliado concorda é porque a mentira é maior do que a gente pensa.
    O nosso povo há de acordar e compreender o que é melhor para o Brasil.
    Grande abraço a todos,

    Boranga

  14. dalva oliveira

    Raul, seu blog é ninho de tucanos atormentados pela popularidade do governo Lula, o melhor que já se teve no Brasil. E não pense que não sabemos que, com o seu PSDB a Petrobras viraría Petrobrax e o Banco do Brasil também teria o mesmo fim.
    Faremos com os tucanos,seja Serra, seja Aécio, o mesmo que fizemos com o Picolé de xuxú, preparem-se para uma derrota acachapante.

    Pra não deixar o Paulo Matos falando sozinho em palco inimigo eu desafio vc a publicar o artigo do Edinho Silva que colei aí.
    Dalva

    “Uma fumaça sobre o governo Serra”

    “Os dados que subsidiam nossa publicidade são oficiais e não foram questionados pelo governador Serra

    O ARTIGO do deputado Samuel Moreira sobre as propagandas do PT paulista, publicado no último dia 12 neste espaço, quer criar uma cortina de fumaça sobre o governo Serra, evitando o verdadeiro debate: a disputa de dois projetos antagônicos colocados no seio da sociedade.

    Mas, para não dizer que estamos fugindo do tema, vamos as veiculações.

    Os dados que subsidiam nossa publicidade são oficiais e em nenhum momento foram questionados pelo governador Serra.

    O PSDB sabe que tem dinheiro do PAC em São Paulo: dos investimentos em reurbanização, como em Heliópolis e Paraisópolis, do subsídio à expansão do Metrô e do Rodoanel, dos recursos para a revitalização da Billings-Guarapiranga, além das verbas para saneamento, moradia e infraestrutura e da redução de contrapartida nas obras, que beneficiou em mais de R$ 400 milhões o Estado.

    Antes de atacarem, os tucanos deveriam consultar os prefeitos, inclusive seus filiados. Dessa forma, saberiam que os municípios hoje são entes federados, parceiros da União não só nas obras estruturantes mas também nos programas sociais.

    Vejamos: em São Paulo, são mais de 1,1 milhão de famílias atendidas pelo Bolsa Família, 172 mil jovens no ProUni e 26 mil no Projovem; cerca de 11 milhões assistidos por equipes do PSF (eram 5,9 milhões em 2002) e 7,8 milhões por equipes de saúde bucal (1,4 milhão em 2002); sem falar de Luz para Todos, farmácia e restaurante popular, Peti e outros. O sectarismo turva os olhos! Qual o interesse em atacar o PAC?

    O programa está consolidado em meio ao povo brasileiro. Não porque queremos, mas por simbolizar um projeto com a concepção do Estado fomentador do desenvolvimento econômico e social -o que permitiu ao Brasil fortalecer sua economia e criar paradigmas internacionais- e, principalmente, por promover a inclusão de 30 milhões de brasileiros.

    O que existia antes, quando Serra era importante ministro de FHC?

    Outra pergunta: por que atacar o Minha Casa, Minha Vida? O Secovi mostra que, em plena crise, o mercado imobiliário teve seu melhor desempenho: em maio, 21,3% dos imóveis disponíveis na cidade de São Paulo foram comercializados. No mesmo mês, segundo o Ipea, a construção civil somou 17,4 mil empregos, o melhor saldo da década. Tanto empresários quanto o Ipea reconhecem o papel do programa nesses resultados.

    Portanto, não se pode atacar um programa que mantém empregos e representa o sonho da casa própria para milhões de famílias.

    Quando o deputado pergunta pelas casas do programa federal, deveria questionar a CDHU sobre as últimas iniciativas que geraram um protocolo de 30 mil unidades, 17 mil em construção. No Estado de São Paulo são 84 mil unidades do programa, 19.876 em fase avançada de edificação. E o projeto só tem seis meses.

    O PSDB deveria reconhecer que vivemos um novo momento. Que as transformações são profundas e que estamos interferindo nos modelos de gestão no mundo. Isso só é possível porque o governo Lula reestruturou o Estado brasileiro.

    Hoje temos instrumentos, como BNDES, Banco do Brasil e Petrobras, que fomentam o desenvolvimento e democratizam a riqueza e as oportunidades. Não nos sujeitamos ao FMI e a outros organismos internacionais.

    Estabelecemos metas econômicas e criamos condições para o avanço do crédito e dos investimentos, propiciando ao Tesouro nacional, inclusive, autorizar e ser garantidor, quando precisou, do endividamento de mais de R$ 7 bilhões do governo Serra.

    O deputado, tão afoito nos ataques, deveria consultar a execução orçamentária de Serra. Ela explicita outro modelo de organização social, de concepção do Estado.

    Os dados demonstram que 56% das ações previstas ficaram abaixo da média empenhada e 23% das iniciativas tiveram 0% de empenho. O governo Serra retirou R$ 88 milhões da habitação, R$ 53 milhões do ensino superior, R$ 26 milhões do meio ambiente, R$ 158 milhões do Metrô, R$ 17 milhões do Ação Jovem e R$ 9,6 milhões da saúde, e não empenhou um centavo sequer no projeto universidade virtual e na agência de fomento.

    A comparação mostra que temos, de um lado, o governo Lula estabelecendo o desenvolvimento econômico e social, tendo o Estado como instrumento indutor de um projeto nacional, e, de outro, a inexistência de um projeto para São Paulo, a desorganização dos programas e projetos e a fragilização do papel do Estado nas relações econômicas e sociais.

    O motivo para tantos ataques, além dos anseios eleitorais, é a defensiva política em que se meteu o PSDB, apostando suas fichas no “projeto neoliberal”, no mercado como Deus supremo, no desmonte do Estado como “caminho para o futuro”.

    Como não conseguem apresentar propostas articuladas em um projeto, só sobra o apego ao varejo. Daí o desespero com a possibilidade de perda do protagonismo nas ações isoladas.”

    _______________________________

    * EDSON ANTÔNIO DA SILVA , o Edinho Silva, 44, é presidente do PT no Estado de São Paulo e ex-prefeito de Araraquara (2001-2008).

  15. Governo Lula é xerox do governo FHC, continua o mesmo plano econômico, a mesma administração do Banco Central que está segurando a economia, nem mesmo a unificação dos programas sociais do governo FHC foi ideia do atual governo.
    Portanto, o lula deveria agradecer o FHC ao invés de crucificá-lo.

    http://www.youtube.com/watch?v=4vCeoPLLUn8

  16. Raul
    Já que surgiram outros assuntos muito interessantes para seus leitores comentarem, gostaria de apresentar algumas análises que revelam quantas mentiras são publicadas, com o consentimento e cumplicidade da midia que só diz amém, mas que agridem qualquer cidadão que tem a mínima noção do estrago que esse tipo de armação pode provocar.

    ATÉ QUANDO?????

    PAGAMENTO DA DÍVIDA EXTERNA COM RESERVAS CAMBIAIS

    Em novembro de 2008 o Governo Lula noticiou mais um grande feito: a menor relação dívida / PIB desde 1998.

    A imagem da apresentadora Fátima Bernardes no Jornal Nacional dando a notícia com o percentual de 36,7% em destaque foi publicada por vários blogueiros entusiastas do Governo Lula como uma prova cabal da competência do Governo do PT, o qual teria conseguido baixar tal percentual que, as vésperas das eleições de 2002, tinha atingido o recorde de 56,9%!

    O outro lado da história

    Da mesma forma que aconteceu no “pagamento” da dívida com o FMI e com o suposto “pagamento” da dívida externa, uma olhada mais atenta sobre os números da dívida pública mostram que a notícia foi vendida muito além do que valia.

    O fato é que o cálculo percentual que resultou nos “36,7%” anunciados foi feito com base na dívida externa líquida, detalhe que faz toda diferença, já que, neste caso, capitais externos que entram no país são usados para abater a dívida externa.

    Se o cálculo fosse feito com base nos valores brutos das dívidas, o percentual seria idêntico ao recorde histórico deixado por FHC.

    A “boa notícia” da redução da relação dívida /PIB, no entanto, durou pouco. O agravamento da crise financeira a partir do final de 2008 elevou novamente o percentual de endividamento brasileiro, que chegou, em agosto de 2009, bem próximo dos 44%. Ou seja, bastou uma crise internacional (a única enfrentada pelo Governo Lula até então) para que o percentual subisse 8 pontos percentuais.

  17. Na véspera do 7 de setembro de 2009, o Presidente da República foi além das insinuações e afirmou com todas as letras: “Não só pagamos a dívida externa, como acumulamos reservas de 215 bilhões de dólares”.
    Bom, o Governo deve ter feito uma mágica para pagar a dívida externa em segredo, pois, dois meses antes, o próprio Governo divulgou mais um aumento da dívida externa que chegou em julho de 2009 ao recorde de US$ 267,482 bilhões – contando com os US$ 71,585 bilhões de empréstimos intercompanhias das multinacionais a suas subsidiárias no país.
    Vale salientar que hoje a dívida já deve ter sido acrescida de mais alguns bilhões, pois o Governo conseguiu mais € 4.3 bilhões em empréstimos a bancos europeus.
    O fato mostra como o presidente aposta na ignorância do povo.
    Caberia a imprensa apontar tal absurdo, mas até agora nenhum único comentário, nem uma simples alusão, mesmo entre os comentaristas econômicos.
    Em 2005 e 2007 a dívida interna foi aumentada em 40%, enquanto que a dívida externa aumentou quase 20% no mesmo período.

    http://visaopanoramica.wordpress.com/2009/08/29/lula-e-a-divida-publica-parte-1/

  18. Na verdade, houve uma mudança da metodologia de cálculo da Dívida Pública.
    Enfim, ainda que esta metodologia introduzida pelo Governo Lula em 2006 seja uma prática justificável, do ponto de vista econômico, na prática ela embute uma farsa, pois induz o cidadão comum a acreditar que a dívida pública está decrescendo, o que não é verdade.
    Segundo o IPEA, a dívida externa teria sido reduzida de US$ 237.539 bilhões, no inicio do Governo Lula, para US$ 273,8 bilhões NEGATIVOS em agosto de 2009!
    Se somarmos a divida inicial de US$ 237.539 (positivos) com os US$ 273,8 bilhões negativos atuais, o Governo Lula teria então conseguido a façanha de em apenas sete anos baixar a dívida externa em US$ 511,3 bilhões!
    Mais curioso ainda é ver a imediata “tendência” de queda da dívida já no primeiro mês de governo do PT. De acordo com a série histórica do IPEA, quatro meses depois de assumir, o Governo Lula já teria diminuído a dívida externa em US$ 43,4 bilhões!

  19. Tentando entender a “mágica”
    Tão incrível como o fantástico ritmo de redução da dívida segundo o IPEA é o fato do instituto não incluir nenhuma nota explicativa sobre como chegou a tais números. Apesar da falta de informação, não precisa ser nenhum gênio para se concluir que a única forma de justificar tais números é com os dólares de terceiros.
    Qualquer que seja a explicação, no entanto, de uma coisa temos certeza: a suposta redução tem muito mais a ver com a movimentação do mercado privado e da desvalorização do dólar a nível mundial do que com ações do Governo.
    Nem mesmo a “quitação antecipada” da dívida com o FMI pode ser considerada mérito de Lula, pois hoje sabemos que tal operação não passou de uma troca de títulos da dívida externa por títulos da dívida interna, cujo objetivo principal foi criar um factóide político as vésperas das eleições de 2006 (com a desvantagem dos juros da última serem três vezes maiores que a do FMI).
    A única coisa que parece justificar uma queda tão rápida desta versão da dívida é a oscilação do valor do dólar.
    Se por um lado o dólar baixo reduz o endividamento (e o Governo Lula foi muito beneficiado por isso), por outro lado o excesso de dólares no mercado pressiona ainda mais seu valor para baixo, o que prejudica a competitividade da nossa economia e pode provocar a quebra de empresas nacionais, com graves reflexos nos índices de desemprego.
    Só a taxação de 2% no IOF foi pouco para segurar a voracidade dos investidores.
    É preciso uma ação mais contundente para mostrar aos donos do capital mundial que o país não admitirá a especulação pura e simples com nossa moeda.
    Esse movimento recorde de investimentos de especuladores e aproveitadores internacionais pode acabar levando o País a uma situação fiscal insustentável.
    Investimento bom é o que cria empregos, é o que se associa à nossa indústria, são as parcerias para gerar riquezas.
    Essa nuvem de dinheiro do capital especulativo só faz deixar um rastro de destruição por onde passa.
    Tal abundância de dólares tem um outro efeito preocupante a longo prazo. Como podemos ver acima, os dólares abundantes mascaram o problema da dívida pública, o que dá uma falsa sensação de que o problema da dívida está sob controle.
    A “boa notícia”, no entanto, já embute um novo problema: os “investidores” querem juros mais altos. Por isso o Governo adiou a emissão de títulos programada para setembro. Talvez por isso mesmo o Governo acenou com a possibilidade de reter a restituição do imposto de renda dias antes, pois não contava com esta “exigência” dos “investidores”. Em outras palavras, o Governo está cada vez mais aumentando gastos confiando que a abundância de dólares vai continuar. Mas, e se os dólares fugirem? Como ficará a dívida externa?

  20. Herança maldita
    Além da dívida pública astronômica, o Governo Lula vai empurrar para o próximo presidente a “bomba” do aumento dos aposentados, que deverá onerar os cofres públicos em mais de 50 bilhões.
    Como se não bastasse, o novo presidente vai herdar o compromisso de aumentos escalonados concedidos ao funcionalismo público em plena crise, o qual deverá onerar os cofres públicos em mais de 10 bilhões a cada ano, chegando a R$ 16 bilhões em 2014.
    Isto sem falar nos US$ 20 bilhões que serão investidos na compra dos aviões e porta-aviões que estão sendo negociados com a França e com os bilhões de investimentos que serão necessários para tocar os projetos do Pré-sal.

    Emprestando o que não temos

    Mais difícil de digerir tamanha irresponsabilidade com o uso dos recursos públicos, o Governo ainda consegue tirar do já deficitário orçamento alguns bilhões para emprestar aos nossos problemáticos vizinhos.
    Depois de levar calotes da Bolívia, do Equador e do Paraguai, o Presidente Lula já fechou acordos para emprestar alguns bilhões para a Argentina, para o FMI e até para Hugo Chaves.
    Com isso, o presidente aumenta seu prestígio internacional. A conta, claro, vai para os próximos governos. Ou seja, para os nossos filhos e netos.

    Neste contexto, mais uma vez a imprensa, que poderia exercer um papel importante, fica cada dia mais omissa, pois qualquer veículo de comunicação que se disponha a explicar fatos como estes tratados nesta série vai comprar uma briga feia com o Governo, o qual conta como trunfo a ignorância do público e os “bons indicadores econômicos” para desqualificar os possíveis adversários políticos.
    Para um veículo que vive de audiência, certamente brigar com um presidente que goza de 80% de popularidade é algo, no mínimo, arriscado. E assim caminha a humanidade até que a bolha estoure e a sociedade finalmente se dê conta de quanto foi omissa em todo este processo, infelizmente.

    http://visaopanoramica.wordpress.com/2009/10/24/lula-e-a-divida-publica-parte-9/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *