Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Blog do Raul

Herança de Lula…

O presidente Lula disse que não deixará uma “herança maldita” para a presidente eleita Dilma Rousseff como a que recebeu em seu primeiro mandato de Fernando Henrique Cardoso. De pronto essa declaração é injusta com FHC, que a meu ver deixou como herança para todos nós brasileiros a estabilidade econômica, os primeiros passos organizados de uma rede de proteção social que se notabilizou com a Bolsa Escola, direcionamentos claros e eficientes nas áreas da Educação e Saúde, além da consolidação do Estado Democrático que garantiu a eleição livre e limpa de Lula em 2002. Dilma receberá um país num ambiente de risco de inflação em alta, sem contar o déficit público e os desafios da execução do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC-2, da melhoria da qualidade da Educação e dos serviços na área da saúde.

Lula pode estar certo em relação à sua expectativa do discurso de Dilma em jamais dizer, no futuro próximo, que recebeu uma “herança maldita” dele, porque segundo ele mesmo “ela ajudou a construir tudo o que nós fizemos até agora”. Na sua fala recente, Lula disse que ao assumir o governo em 2003 não havia financiamento para a agricultura, por exemplo, e que agora o Brasil dispõe de autosuficiência e caixa em diversas áreas como o gás. Mas lembrou que com a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, o país vai precisar de muitos investimentos.

Ora, aí é onde mora o perigo do próximo governo. Investimentos em infraestrutura, que o país nunca antes na sua história teve condições amplas de realizar e não foi capaz por conta do elevado número de irregularidades licitatórias, contratuais e de má qualidade das obras gerenciadas pelo governo federal. Em 231 obras fiscalizadas pelo TCU – Tribunal de Contas da União, 32 apresentaram irregularidades graves e, por isso, tiveram a recomendação de que fossem paralisadas após auditorias do órgão encarregado de fiscalizar as ações dos homens públicos.

A capacidade de execução de obras do PAC durante os dois últimos governos de Lula foi baixíssima, devido às irregularidades e à capacidade gerencial sob o comando da alcunhada “Mãe do PAC”, ninguém menos que a presidente eleita Dilma Rousseff. Lula acha que o Brasil pode alcançar e superar todas as metas do milênio com a continuação de seu governo em 2011, mas Dilma sempre foi melhor no powerpoint que nos resultados. Essa constatação dos últimos dois anos foi imperceptível na estratégia de marketing das campanhas da oposição, principalmente do candidato do PSDB, José Serra.

Como fazer e atender às perspectivas “compradas” por cerca de 56% do eleitorado brasileiro? Há muito o quê fazer, além de intenções, e caberá à presidente eleita aplicar remédios doloridos e amargos a quatro anos das eleições de 2014, para o teste de popularidade da própria Dilma, de Lula ou de uma alternativa mais competente das oposições. Medidas apressadas estão sendo tomadas para que o impacto seja tardio, a recriação da CPMF, a votação do marco regulatório do pré-sal de modo que a sua sucessora leiloe a primeira área de exploração na Bacia de Santos e por aí vai…

Minha aposta é no Brasil que dê certo; nada do quanto pior melhor. Quero apenas que haja governo, para conter os gargalos do desperdício e do descontrole da máquina pública – PIB maquiado, BNDES aportando dinheiro na Petrobrás, salvação do Banco Panamericano, repetição de falhas custosas no ENEM… Ademais, se é para falar em “herança maldita”, penso que a única deixada por FHC foi a eleição do próprio Lula em 2002, pela primeira vez, para não ficar em mais delongas e trololós que não vão mudar agora a história do nosso país.

Compartilhe

9 comentários em “Herança de Lula…”

  1. Concordo com tudo que foi escrito, e acrescento que Lulla deixará uma herança maldita para os brasileiros, que é a própria Dillma.
    Querem coisa pior para o Brasil do que a eleição dessa boneca de ventríloquo ??!!
    Ninguém quer o pior, mas isso é inevitável depois da gastança irresponsável do (des) governo Lulla.
    Quem viver verá !!!!
    @BobWebBB

  2. raul, tb concordo contigo, nada de desejar o pior dos mundos, agora coitada da dilma, a bomba relógio da procastrinação de lula vai explodir no colo dela… além dos itens que vc listou coloque na lista mais um da herança desgraçuda para rimar com lula: nunca antes na história deste país o brasil elegeu um congresso tão dinheirista como o atual…

  3. Ernesto Donizete da Silva

    Caro companheiro Raul,

    Inúmeros motivos levam uma pessoa ao poder. Na nossa “terra brasilis”, a COMPETÊNCIA perde para tantas outras variáveis que possibilitam isto.

    Assim sendo, é lógico que a herança de Inácio será a pior possível não apenas para a Dilma, mas para TODO O POVO BRASILEIRO. É lógico que muito poderá ser colocado “embaixo do tapete”, dado um jeitinho com artimanhas econômicas e com a “censura” às informações.

    Mas, temos que esperar o tempo passar, para verificarmos tudo isto, não é mesmo. Até lá, fica a esperança de que isto não ocorra, pelo bem do nosso tão sofrido POVO BRASILEIRO!

    Ernesto Donizete da Silva
    PSDB/SANTOS

  4. Délia Guelman

    Raul querido,

    Fernando Henrique me deixou um sentimento imenso de orgulho de tê-lo como presidente do país! Falo por mim: foi uma honra e um orgulho muito fortes, um sentimento de civismo e de patriotismo muito grandes que ele me transmitiu. Hoje o que sinto é vergonha do seu sucessor e também da presidente eleita. Como eu gostaria de poder sentir novamente orgulho do presidente do meu país!Que tristeza ter vergonha de quem nos lidera e representa!

  5. Alberto Corrêa dos Santos

    Raul

    Concordo com tudo o que foi colocado por você.
    A herança maldita nós vamos ver daqui há uns 10 ou 20 anos que estes “iluminados” do PT estão deixando para a nossa sociedade. Não vi, neste governo que está saindo, nenhuma política sustentáavel no longo prazo como as estabelecidas no governo do FHC. Tomara que eu esteja errado.

  6. Raul,

    Eu sou mais direto. As declarações do Lula sobre a “herança maldita” foram desonestas, canalhas, na verdade, antecipando a falta de caráter do atual Presidente.
    Agora, ao dizer isso, é preciso que as oposições – particularmente o PSDB – entendam que não é mais possível admitir “comparações” com o período FHC, muito embora eles sempre tentarão fazê-lo.
    A verdadeira herança maldita será conhecida agora e não se pode mais admitir tanta incompetência na comunicação e na forma de se fazer oposição.
    Caso contrário, teremos de conviver com uma perpetuação do atual grupo no poder, até que o Francklin Martins resolva baixar de verdade a censura e comecemos a lutar contra a ditadura outra vez.

  7. Célia Fontes

    MAS VOCÊ AINDA NÃO SE ACOSTUMOU? ELE FALA. QUALQUER COISA. AINDA BEM QUE NÃO ESCREVE.

  8. Leandro Manço

    Vejo comentários extremamente partidários. Este é um grande problema. A razão é deixada de lado como numa discussão sobre futebol no botequim. Ou seja, o Governo Lula é o lixo e FHC é o Rei. Calma lá. Observem com cuidado os dados econômicos dos últimos 16 anos. Me desculpem, mas ambos foram fundamentais para a nossa estabilidade, cada com seu jeito, como seus erros, e de acordo com as possibilidades do momento. Abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *